Sportbuzz
Testeira
Futebol / FOCO!

Atlético-MG: Cuca faz suspense sobre retorno de Nacho e Dodô contra Boca Juniors

Cuca está focado para o confronto contra o Boca Juniors e fez mistério sobre volta de Nacho e Dodô diante do Atlético-MG

Redação Publicado em 11/07/2021, às 12h00 - Atualizado às 12h15

Atlético-MG se prepara para enfrentar o Boca Juniors na Libertadores e pode ter retorno de Nacho e Dodô - Pedro Souza/Atlético Mineiro
Atlético-MG se prepara para enfrentar o Boca Juniors na Libertadores e pode ter retorno de Nacho e Dodô - Pedro Souza/Atlético Mineiro

O Atlético-MG conseguiu uma vitória importante no clássico contra o América Mineiro no último sábado, 10, pelo Brasileirão e agora se prepara para as oitavas de final da Libertadores. Com o Boca Juniors como seu rival, Cuca ainda não sabe se poderá contar com Nacho e Dodô para o confronto na La Bombonera e o treinador fez mistério sobre o tema. 

Em entrevista coletiva, o treinador do Atlético-MG não quis dar pistas do que poderá fazer a partida diante do Boca Juniors. A expectativa é de que Nacho Fernández e Dodô retornem e fiquem como opção para a Libertadores. Cuca foi questionado em relação a volta de ambos ao time titular e não quis dar pistas aos jornalistas. 

"Ainda não temos uma definição. Amanhã temos treino, seguido da viagem. Só na segunda vamos definir se jogam ou não. Ainda não sei do Dodô. Até pensei em trazê-lo para usá-lo", comentou o treinador do Galo, que também testou Junior Alonso como lateral esquerdo e não descartou a possibilidade de colocá-lo nesta posição contra o Boca Juniors. 

"O Atlético não entrou com três zagueiros. Alonso foi nosso lateral esquerdo e até que teve mais chance de ataque, chegou no fundo muitas vezes. Defendeu como terceiro zagueiro em alguns momentos. Mesmo com a figura de três zagueiros, usamos pouco esse sistema. No segundo tempo, ele atuou às vezes como terceiro zagueiro, com ajuda do Hyoran, do Tchê Tchê. Mas a maior parte ele foi nosso lateral", completou.

COMO FOI O JOGO CONTRA O AMÉRICA-MG?

O Atlético-MG está pensando na Libertadores, porém neste sábado, 10, enfrentou o América Mineiro pelo Brasileirão e conseguiu sair com a vitória. Mas para quem pensou que seria fácil, se enganou. O time de Cuca sofreu como Coelho, mas mostrou força para superar os desfalques e saiu com uma vitória de 1 a 0 e com direito a gol de Dylan Borrero. 

COMO FOI O PRIMEIRO TEMPO?

Atlético Mineiro e América-MG fizeram um primeiro tempo agitado e disputado na Arena Independência. O Coelho foi para cima do Galo  criou diversas oportunidades para sair na frente do placar, mas Éverson conseguiu operar algumas grandes defesas. Enquanto isso, os alvinegros encontraram dificuldades para criar jogadas e fazer Cavichioli trabalhar. 

Logo aos 18 minutos, o América conseguiu abrir o placar com Carlos Alberto. O atacante aproveitou o bate e rebate na área e foi oportunista para vencer Éverson. No entanto, a arbitragem e o VAR confirmaram a posição irregular do atleta na jogada e anularam o gol. 

O América Mineiro voltou a assustar o Atlético-MG numa jogada de escanteio. Juninho Valoura bateu com perigo e caiu nos pés de Rodolfo, que acabou não aproveitando. A bola ainda sobrou para Carlos Alberto, mas o atacante cabeceou fraco e Éverson operou grande defesa. 

Na parte final, numa boa jogada em velocidade pela direita, Eduardo recebeu, invadiu a área e finalizou com perigo. A bola tinha o endereço do gol como certo, porém acabou parando nas mãos de Éverson, que salvou mais uma vez o América Mineiro na partida. 

O Atlético-MG teve apenas duas grandes chances. A primeira foi quase um golaço contra de Zé Vitor. O zagueiro foi recuar para Cavichioli, porém a bola acabou subindo e quase encobriu o goleiro, mas ele fez um milagre e manteve o 0 a 0 no placar. 

No fim do primeiro tempo, o Galo conseguiu criar a melhor chance da partida. Em grande jogada pela direita, Sasha cabeceu sozinho e Cavichioli operou um milagre. A bola ainda sobrou no pé de Savarino, que chutou no travessão e foi afastada pela zaga.

E O SEGUNDO TEMPO?

O América Mineiro seguiu em cima do Atlético-MG no segundo tempo e fez o time de Cuca sofrer, mas não com a mesma intensidade. Mesmo assim, antes do primeiro minuto da etapa final, o Coelho teve grande chance com Carlos Alberto, que quase marcou um golaço. 

O atacante disparou pela direita, fez fila e deixou Junior Alonso para trás. Carlos Alberto ficou de frente para Éverson e emendou mais um grande drible, mas ficou sem ângulo e tentou o chute. A boal estava entrando, porém o defensor do Galo tirou em cima da linha.

Mesmo sendo pressionado e tendo dificuldades na partida, o Atlético Mineiro se superou na partida e conseguiu abrir o placar com Dylan Borrero. Em grande contra-ataque, Savarino invadiu a área e rolou para o meio, onde encontrou o companheiro, que apenas chutou para vencer Cavichioli. 

PRÓXIMOS JOGOS!

  • América-MG x Sport - 19/07 - 20h
  • Boca Juniors x Atlético-MG - 13/07 - 19h15

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!