Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » RACISMO!

Após sofrer racismo, Diakhaby quebra o silêncio e desabafa: "Me doeu muito"

Zagueiro do Valencia deu mais detalhes sobre o episódio vivido com Juan Cala, do Cádiz

Redação Publicado em 06/04/2021, às 09h18

Diakhaby se pronunciou através das redes sociais
Diakhaby se pronunciou através das redes sociais - GettyImages

No último domingo, 04, mais um caso de racismo assolou o futebol mundial. Durante a partida entre Cádiz e Valencia, o zagueiro Diakhaby relatou ter sido chamado de “negro de m...” por Juan Cala e abandonou o jogo com os demais jogadores.

Após a pressão por parte dos responsáveis pelo jogo, os atletas do Valencia retornaram ao campo e terminaram a partida diante do Cádiz. Porém, Diakhaby optou por não voltar ao confronto e permaneceu sentado na arquibancada.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Mouctar Diakhaby (@mouctar_dkh)

 

Já nesta terça-feira, 06, Diakhaby falou pela primeira vez após o episódio de racismo. Através das redes sociais, o zagueiro confirmou que Juan Cala o chamou de “negro de m...” e pediu que o adversário seja punido pelo ato praticado.

“Hoje me sinto bem, mas me doeu muito. É a vida, mas espero que a Liga espanhola consiga ter provas para que tudo fique claro e possa tomar atitudes. E quero agradecer ao Valencia, aos meus companheiros, aos meus treinadores e aos torcedores pelo carinho e apoio que me deram. E quero dizer que estou bem. Obrigado”, iniciou Diakhaby.

“Eu e os meus colegas de equipe decidimos ir para os vestiários, uma boa decisão, e logo um jogador do Cádiz perguntou a um jogador nosso se o Cala pedisse desculpa, voltaríamos ao campo. Eu e os meus colegas dissemos que não, porque as coisas não são assim. Não se pode fazer alguma coisa, pedir desculpa e seguir em frente”, completou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!