Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » VISH!

Abel Ferreira comenta gol contra bizarro do Palmeiras e alfineta Flamengo

De acordo com o treinador palmeirense, o rubro-negros "precisam dar a vida neste campeonato por não ter mais nada a ganhar"

Redação Publicado em 22/01/2021, às 14h07 - Atualizado às 15h00

Abel Ferreira em ação pelo Palmeiras
Abel Ferreira em ação pelo Palmeiras - GettyImages

Na última quinta-feira, 21, o Palmeiras acabou sendo batido pelo Flamengo, no Estádio Mané Garrincha, por 2 a 0, e perdeu a chance de encostar nos líderes do Brasileirão. Depois da partida, Abel Ferreira concedeu uma entrevista coletiva e comentou sobre a derrota para os rivais cariocas. 

 

Ao analisar o confronto, o treinador aproveitou para falar sobre o bizarro gol contra marcado por Kuscevic e também das chances perdidas durante o jogo. Abel lamentou muito as oportunidades desperdiçadas no primeiro tempo e amenizou os erros individuais de seu time.   

"São lances que acontecem (jogada do primeiro gol), é caricato, mas acontece nos melhores times do mundo. Não deveria ter acontecido, mas aconteceu. A primeira grande chance do jogo foi nossa, neste tipo de jogo, contra times do nosso nível, de qualidade e experiência, sabemos que temos que fazer as oportunidades", disse. 

O técnico palmeirense também não perdeu a chance de dar uma cutucada no Flamengo. Ao comentar sobre a postura e intensidade dos dois times no jogo, o português destacou que os rubro-negros deveriam ter entrado dessa maneira mesmo, já que possuem apenas o Brasileirão para disputar. 

"Jogamos contra um adversário que sabe que tem que dar a vida neste campeonato por não ter mais nada a ganhar. Fez uma primeira parte com muita posse, sem criar grandes chances, é verdade, mas nos fez desgastar porque corremos de um lado para o outro. Eles têm experiência e qualidade", valorizou. 

Por falar em intensidade, Abel Ferreira demonstrou grande descontentamento com a falta de pressão na saída de bola rival. Mesmo assim ponderou os erros, já que sua equipe vem de uma grande sequência de jogos e um período muito curto. 

"Nós não tivemos capacidade de pressionar e só conseguimos fazer isso nos últimos cinco ou dez minutos. Segundo tempo foi totalmente diferente, com os médios a ter jogo, empurramos o adversário para trás. Mais uma vez uma grande oportunidade na marca do pênalti, não fizemos o jogo, parabéns ao Flamengo, hoje eles foram melhores", finalizou.
 
 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!