Sportbuzz
Testeira
Colunistas / Eduardo Colli / JOGOS OLÍMPICOS!

Os Símbolos Olímpicos – Parte III

O eterno fogo olímpico e as tochas olímpicas

Eduardo Colli Publicado em 25/06/2021, às 15h26 - Atualizado às 16h01

Chama Olímpica de Tóquio 2020 - Getty Images
Chama Olímpica de Tóquio 2020 - Getty Images

O Fogo Olímpico

Na mitologia grega, Prometheus trouxe uma centelha de fogo para a Terra. O fogo se transformou em um dos elementos básicos da natureza.

Na Grécia Antiga, acontecia a lampedromia, em um altar consagrado a Zeus, localizado no bosque Altis. Os competidores corriam até o altar localizado a aproximadamente 200 metros.

A pira olímpica queimou pela primeira vez em Amsterdã em 1928, fato repetido em Los Angeles em 1932. Nos dois casos, o fogo foi aceso nas cidades-sedes.

O primeiro revezamento da tocha olímpica ocorreu em 1936 e foi idealizado pelo doutor alemão Carl Diem.

Crédito: Divulgação

 

Berlim – 1936

Na parte superior da empunhadura os anéis olímpicos e a águia alemã, na parte central, a inscrição “Fackelstaffel-Lauf Olympia-Berlin 1936” e na parte inferior, o desenho do trajeto do revezamento de Olímpia a Berlim. No bocal do queimador, a inscrição “Organisazions-Komitee für die XI. Olympiade Berlin 1926 Als Dank dem Träger”.

Material: Aço

Cor: Prata

Tamanho: 70 cm no total, suporte com 28 cm

Diâmetro: 15,40 cm

Peso: 450 g

Londres – 1948

Com a inscrição “Olympia to London with thanks to the bearer XIVth Olympiad 1948”, os agradecimentos ao portador da olimpíada de 1948, com o símbolo olímpico esculpido em alto relevo na parte superior.

Material: Aço Inoxidável

Cor: Prata

Tamanho: 40,5 cm

Peso: 960 g

Helsinki – 1952

Em formato cônico, na parte do queimador em uma das faces a coroa de louros e do outro lado os anéis olímpicos. Na base, a inscrição “XV Olympia Helsinki 1952". Na empunhadura, os anéis e a inscrição “Helsinki Helsingfors".

Material: prata, madeira e metal

Cor: marrom, prata e bege

Tamanho: 60 cm

Peso: 600 g

Melbourne – 1956

Inspirada no modelo dos Jogos de 1948 apresenta no centro do queimador, os anéis olímpicos e abaixo, a inscrição “XVI Olympiad Melbourne 1956”.

Material: metal e alumínio

Cor: Prata

Tamanho: 47 cm com o queimador e 40,5 sem o queimador

Peso: 960 g

Roma – 1960

Refletindo o toque clássico que caracterizou esta edição dos Jogos, a forma da tocha foi inspirada nos monumentos antigos. As ranhuras delgadas decoraram e refinam o corpo da tocha. Tem a inscrição: “Giochi della XVII Olimpiade”.

Material: alumínio

Cor: Bronze

Tamanho: 39,5 cm

Peso: 580 g

Crédito: Divulgação

 

Tóquio – 1964

Em estilo clean, contém a inscrição “XVIII Olympiad Tokyo 1964” e os anéis olímpicos.

Material: aço inoxidável e alumínio

Cor: prata e preto

Tamanho: 72 cm

Peso: 825 g

Diâmetro: 4 cm

Cidade do México – 1968

Sulcos verticais presentes em todo o corpo da tocha. A parte superior tem a inscrição “México 68” esculpida e traçada duplamente no metal.

Material: aço

Cor: prata

Tamanho: 45 cm

Peso: 780 g

Diâmetro: 10,5 cm

Munique – 1972

Na parte da empunhadura, os anéis olímpicos e a inscrição “Spiele der XX Olympiade München 1972”. Acima da empunhadeira, na parte superior da plataforma do tubo de combustão (em forma de funil) o emblema dos Jogos, representando a coroa de raios de luz.

Material: aço inoxidável

Cor: Prata

Tamanho: 72 cm

Peso: 1350 g

Montreal – 1976

Com o emblema dos Jogos em branco sobre o suporte vermelho, o queimador fornecia a combustão necessária para queimar o algodão natural impregnado com o combustível, alojado no seu interior. O preta do queimador destaca a chama nas fotografias.

Material: alumínio

Cor: vermelho, branco e preto

Tamanho: 67,5 cm

Peso: 836 g

Moscou – 1980

Na parte superior, a inscrição "MOCKBA – OЛИМПИAДA – 1980" em vermelho sobre o fundo prata. Em torno do queimador, um copo colorido dourado formado de círculos concêntricos. No centro, em forma de sino dourado, o emblema dos Jogos e os anéis olímpicos.

Material: liga de alumínio, prata e parte do queimador em ouro.

Cor: prata, vermelha e dourada

Tamanho: 56,5 cm

Peso: 700 g

Crédito: Divulgação

 

Los Angeles – 1984

O lema olímpico: “Citius Altius Fortius” no topo do queimador, e abaixo a representação do Coliseu Memorial de Los Angeles. A capa de couro tratado da empunhadura contém um anel de metal com a inscrição: “XXIII Olimpíadas de Los Angeles 1984”. O emblema dos jogos é apresentado duas vezes na base da tocha.

Material: alumínio, bronze e couro

Cor: marrom e bronze

Tamanho: 58,5 cm

Peso: 1.000 g

Seul – 1988

Na borda do anel acima da empunhadura de couro, a inscrição "Games of the XXIVth Olympiad Seoul 1988”. No topo do corpo o emblema dos Jogos e no queimador, dois dragões em modelo coreano simbolizando a harmonia entre o Oriente e o Ocidente. Na astrologia chinesa, o ano de 1988 era o ano do dragão.

Material: metal, cobre, couro e plástico

Cores: marrom e bronze

Tamanho: 51 cm

Peso: 1000 g

Barcelona – 1992

A tocha é assimétrica, com o eixo que aponta simbolicamente na direção de Barcelona. Na parte central a inscrição: “XXV Olimpiada Barcelona 1992” e o emblema dos Jogos. A forma circular do queimador é inspirada na pira, o destino da chama. As formas cônicas e triangulares que aparecem no desenho da tocha são inspiradas na ânfora (vasos utilizados no transporte de vinho) e na vela latina, dando-lhe um carácter mediterrânico.

Material: alumínio e plástico

Cor: prata e dourado

Tamanho: 66 cm

Peso: 1200 g

Atlanta – 1996

Na empunhadura em madeira pecan extraída no estado Georgia, foi gravada a lista de Jogos de Verão de 1896 a 1996, uma referência ao centenário dos Jogos Olímpicos. Inspirada nas antigas tochas antigas simples de canas atadas e nas linhas da arquitetura grega clássica.

Suas 22 canas de alumínio que representam o número total de edições modernas Jogos Olímpicos. No corpo dois anéis dourados, o inferior com os nomes de todas as cidades-sede dos Jogos Olímpicos e o superior com o emblema dos Jogos Olímpicos do Centenário em 1996. Na parte superior, a palavra “Centennial” e a colcha de folhas.

Material: alumínio, madeira e latão

Cores: prata, dourada e marrom

Tamanho: 82 cm

Peso: 1550 g

Sydney – 2000

Inspirada na Ópera House de Sydney, o azul do Oceano Pacífico e do bumerangue. As três camadas representam a terra, a água e o fogo. O emblema dos Jogos se destaca na parte superior da tocha.

Material: aço, alumínio anodizado e alumínio tratado

Cores: branca, azul e prata

Tamanho: 77,5 cm

Peso: 1.000 g

Crédito: Divulgação

 

Atenas – 2004

Sua forma recorda as linhas simples e harmoniosas de uma folha de oliveira. Em madeira de oliveira e alumínio, seu aspecto em dois tons é baseado nos dois lados da folha de oliveiras. O design ergonómico representa a extensão da chama em movimento. Na parte de metal é exibido o emblema dos Jogos.

Material: madeira de oliveira e alumínio

Cores: marrom e prata

Tamanho: 65.5 cm

Peso: 700 g

Pequim – 2008

Inspirada no rolo de pergaminho. O padrão esculpido representa as nuvens da sorte que cobre a superfície superior da tocha. As duas extremidades da tocha também em forma de nuvens, um elemento decorativo muito antigo da arte chinesa.

A laca vermelha simboliza o espírito de celebração, entusiasmo e sorte. Uma fina camada de verniz à base de borracha cobre o punho da tocha, facilitando a aderência e com objetivo de imitar o contato da pele humana, como se o portador segurasse a mão de um amigo.

Material: alumínio e borracha

Cores: vermelha e prata

Tamanho: 72 cm

Peso: 980 g

Londres – 2012

A forma triangular da tocha se refere ao múltiplo de três encontrados nos valores do movimento olímpico de excelência, amizade e respeito, no lema olímpico de “Citius, Altius, Fortius” e pela terceira vez, a realização dos Jogos em Londres. A tocha foi feita a partir de dois envelopes de liga de alumínio. É perfurada por 8.000 círculos em referência aos 8.000 corredores e as 8.000 milhas do revezamento na Grã-Bretanha.

Material: metal e alumínio

Cores: dourada

Tamanho: 80 cm

Peso: 1.090 g com o cilindro interno de gás

Rio de Janeiro – 2016

A tocha se abre verticalmente em fendas com cores que marcam o Brasil. O chão em preto representado pelo calçadão de Copacabana. As ondulações azuis das águas brasileiras, as curvas verdes dos morros e vales. O amarelo da parte superior do sol e do ouro. A abertura das fendas ocorre na transferência da chama de uma tocha para outra, chamado "momento do beijo".

Material: alumínio reciclado, resina e acabamentos acetinado
Cor: branca com detalhes em várias cores
Tamanho: fechada = 63,5 e aberta = 69 cm
Peso: entre 1 e 1,5kg

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!