Sportbuzz
Testeira
Colunistas / Eduardo Colli / Jogos Paralímpicos

Jogos Paralímpicos - Conheça a o lema, símbolos, hino, bandeira e mais!

Os Jogos começaram! E temos muito o que falar sobre as Paralimpíadas

Eduardo Colli Publicado em 24/08/2021, às 12h40

Cerimônia de abertura dos Jogos Paralimpícos de 2020 - Getty Images
Cerimônia de abertura dos Jogos Paralimpícos de 2020 - Getty Images

O lema dos Jogos

O lema dos Jogos Paralímpicos é “Spirit in Motion” (Espírito em Movimento) e foi criado para as Paralimpíada de Atenas 2004.

Captura de forma concisa e atraente a essência da visão paralímpica de permitir que os atletas inspirem e excitem o mundo através do esporte.

Expressa o caráter inspirador do movimento paralímpico, bem como o desempenho de elite de atletas paraolímpicos.

A palavra "espírito" implica que o movimento paraolímpico não se limita ao esporte de alto rendimento, mas que há uma forte mensagem por trás do movimento. A palavra “movimento” demonstra que movimento paraolímpico deve estar sempre voltado para o futuro. O lema paraolímpico foi aprovado na reunião IPC Conselho Executivo em Abril de 2003.

O lema anterior, criado em 1996, era “Mind, Body, Spirit” (Mente, Corpo, Espírito).

 

O Símbolo Paralímpico

Símbolo Paralimpíadas - Créditos / CPI

 

Criado pela agência Scholz & Friends e aprovado em abril de 2003 e oficial desde os Jogos de Atenas, o símbolo do Comitê Paralímpico Internacional - CPI é formado por três Agitos (em latim significa “eu movo”) nas cores vermelha, azul e verde (as três cores que são mais representadas nas bandeiras nacionais mundo afora) girando em torno de único ponto central.

O símbolo enfatiza o papel do movimento paralímpico em trazer os atletas em conjunto de todos os cantos do mundo para competir. Também destaca atletas paralímpicos inspiram e excitam o mundo constantemente com suas performances. Sempre em movimento para frente e nunca desistindo.

O símbolo anterior era baseado no Tae-Geuk, um componente decorativo coreano formado pela metade do taiji, o símbolo de yin e yang. O símbolo era composto por cinco Tae-Geuks dispostos como os anéis olímpicos e foi apresentado nos Jogos Paralímpicos de 1988, em Seul na Coréia do Sul. Depois dos Jogos, o CPI adotou como logo, três Tae-Geuks.

Cada cidade-sede cria um símbolo que representa o evento e deve incorporar o logo do CPI, o nome do evento e o símbolo da edição.

 

A Bandeira Paralímpica

Bandeira Paralímpica nos Jogos de 2000 em Sidney - Créditos / Getty Images

 

Na cor branca com o logo do CPI no centro.

 

O Hino Paralímpico

Composto por Thierry Darnis e batizado de "Hymne a l'avenir" ou "Anthem of the Future" (Hino do futuro) foi adotado como o hino oficial em março de 1996. A letra foi reescrita pelo cantor country australiano Graeme Connors em 2001.

A tradução livre da letra é a seguinte:

Temos viajado longe

No meio da noite

Atraídos pela promessa

Na luz

Nós nos reunimos

Nós vamos sós

Chegamos em glória

Chegamos desconhecidos

Guiados pelo espírito

Estamos aqui somos um

Lembremo-nos

Aproveitando o dia

Vivendo o momento

Mostrando o caminho

Enfrentando o desafio

Esforçando-se para encontrar

A força no corpo

O poder da mente

Guiados pelo espírito

Estamos aqui somos um

Compartilhando o sonho

Levantando-nos maior

Amizades são feitas

Forjados no fogo

Guiados pelo espírito

Estamos aqui somos um

Aqui nós somos um.

 

A tocha e o revezamento paralímpico

Revezamento da tocha nos Jogos da China, em 2008 - Créditos / Getty Images

 

A chama paralímpica é acesa em um local determinado pela cidade-sede alguns dias antes da cerimônia de abertura.

O revezamento da tocha pode passar por todo o país sede ou por parte dele, se encerrando no estádio principal dos Jogos durante a cerimônia de abertura quando a pira paralímpica é acesa. Deverá queimar durante todos os dias de competições e será extinta no final dos Jogos.

 

O Juramento paralímpico

É uma promessa solene feita por um atleta que representa todos os competidores e por um árbitro do país sede.

Segurando a bandeira paralímpica, o atleta discursa:

“Em nome de todos os competidores, eu prometo que participaremos destes Jogos Paralímpicos respeitando e cumprindo as regras que os regem, comprometendo-nos a um esporte sem doping e sem drogas, no verdadeiro espírito esportivo, pela glória do desporto e da honra de nossas equipes”.

A partir de 1980, foi inserido o juramento dos árbitros. Também segurando um canto do pavilhão, o árbitro diz:

“Em nome de todos os juízes e oficiais, eu prometo que iremos arbitrar estes Jogos Paralímpicos com toda a imparcialidade, respeitando e cumprindo as regras que regem o verdadeiro espírito desportivo”.

Novidade em 2012, os técnicos também passaram a fazer o juramento. Igualmente segurando o estandarte paralímpico recita as seguintes palavras:

“Em nome de todos os treinadores e dos outros membros da delegação, prometo que vamos nos comprometer em assegurar que o espírito esportivo e o fair-play serão totalmente respeitados em conformidade com os princípios fundamentais do movimento paraolímpico”.

 

Atletas, árbitros e treinadores que fizeram o juramento:


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!