Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Basquete » TENSO!

Vazamentos de fotos do acidente de Kobe Bryant teriam deixado sua esposa arrasada, diz advogado

Caso ganhou repercussão na polícia de Los Angeles após a carta oficial do advogado da família Bryant

Pedro Ungheria Publicado em 02/03/2020, às 12h15

Família do astro pede respeito por parte de quem está cometendo o crime
Família do astro pede respeito por parte de quem está cometendo o crime - GettyImages

Um mês após a trágica morte de Kobe Bryant, o assunto segue dando o que falar nos holofotes das mídias. De acordo com informações veiculadas pelo jornal Los Angeles Times, o vazamento de fotos do local do acidente está afetando bastante os familiares das vítimas, principalmente a viúva do jogador de basquete.

De acordo com uma carta publicada pelo advogado da família do astro da NBA, Gary Robb, Vanessa Bryant estaria absolutamente arrasada com a falta de respeito das pessoas que estão veiculando as imagens do local onde o helicóptero caiu, o que vai totalmente contra ao seu pedido para as autoridades no dia em que tudo aconteceu.

"Nossa cliente, Vanessa Bryant, está absolutamente arrasada com as alegações de que policiais do Departamento do Xerife do Condado de Los Angeles e do Departamento de Bombeiros de Los Angeles divulgaram publicamente fotos do local do acidente. A Sra. Bryant foi pessoalmente ao escritório do xerife em 26 de janeiro e solicitou que a área fosse designada como zona de exclusão aérea e protegida de fotógrafos, o que foi de importância crucial para ela, pois desejava proteger a dignidade de todas as vítimas e suas famílias", diz a nota.

Ainda no mesmo documento, além de pedir respeito aos direitos de privacidade das vítimas e de suas famílias, o profissional reforça a ideia de que é inadmissível que as autoridades violem algo neste nível.

"Os socorristas devem ser confiáveis. É indesculpável e deplorável que alguns policiais da subestação do xerife de Lost Hills, outras subestações vizinhas e LACOFD supostamente violem seu dever. Trata-se de uma violação indescritível da decência humana, respeito e dos direitos à privacidade das vítimas e de suas famílias", reforça o documento.

O jornal Los Angeles Times informou que uma fonte da Segurança Pública, sob condição de anonimato, afirmou ter visto fotos no telefone de outro funcionário. Essas fotos mostram o local do acidente e os restos mortais das vítimas. Maria Lucero, chefe da polícia de Los Angeles, afirmou que o "caso está sendo analisado".

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!