Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Mais Esportes / CORRIDA

Os principais desafios para atletas amadores disputarem maratonas

Influencer e corredor Yann Rodrigues destaca como praticantes de corrida podem sair do zero e chegar a grandes distâncias

Caíque Ribeiro Publicado em 14/12/2022, às 13h04

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Yann Rodrigues se prepara para correr a tradicional maratona de Chicago - Arquivo Pessoal
Yann Rodrigues se prepara para correr a tradicional maratona de Chicago - Arquivo Pessoal

A corrida tem se tornado cada vez mais uma alternativa para pessoas praticarem atividades físicas. Segundo a pesquisa Ipsos em 2021, no Brasil, 14% das pessoas utilizam a prática como a principal forma de se exercitar. Assim, alguns adeptos começam a gostar tanto de correr que passam a observar o exercício além do hobby, e desejam entrar no esporte.

Dessa forma, as pessoas saem do convencional e começam a buscar grandes corridas e maratonas. Entretanto, não é um caminho rápido, como explica o influenciador e corredor Yann Rodrigues, que também destacou que a evolução precisa ser de forma gradual.

“O tempo de evolução de cada um vai depender muito do ponto de partida e do foco de cada pessoa. A dica que eu posso dar é de buscar uma evolução progressiva, sem pular etapas”, ressaltou.

“Comece pelas corridas mais curtas, de 5 km, e foque em fazê-las de maneira confortável. Após isso, comece a pensar em realizar os melhores tempos, ainda nessa distância e só então foque nos 10km e assim sucessivamente, até alcançar os 42km, que é a distância de uma maratona, ou qualquer que seja seu objetivo”, completou.

Além de focar na evolução ideal, é necessário também que o atleta se prepare fisicamente e mentalmente. A preparação para grandes distâncias é diferente de apenas correr como uma atividade física. Yann também destacou algumas maneiras de a cabeça e do corpo serem trabalhados para essas situações.

“Encaixar seus treinos de acordo com sua realidade e com seus objetivos é uma maneira de trabalhar sua mente e autoestima para a atividade. Além disso, dois aspectos são fundamentais para trabalhar o seu corpo para grandes distâncias, que é a musculatura, para aguentar o impacto, e sua alimentação”, afirmou.

“Acredito que ao correr uma maratona ou qualquer distância que seja desafiadora pra você, o preparo mental seja tão fundamental quanto o preparo físico. Na maioria das vezes em que preparamos um treino ou prova, nosso corpo aguentaria mais, mas foi nossa cabeça que nos “sabotou” e nos fez parar. Ou seja, o trabalho da mente para determinadas situações de corrida é fundamental”, concluiu.


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!