Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz

Charles do Bronx pede para lutar no card do UFC Rio

Ex-campeão quer retornar no evento de janeiro

Redação Publicado em 24/10/2022, às 16h53

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Brasileiro quer reconstruir caminhada até uma nova disputa de título - UFC
Brasileiro quer reconstruir caminhada até uma nova disputa de título - UFC

Em ação na luta principal do UFC 280, no último sábado (22), Charles do Bronx acabou sendo derrotado por Islam Makhachev por finalização no segundo round em disputa de cinturão na categoria peso-leve. Apesar da frustração pelo resultado negativo, o brasileiro, pelo menos no que depender dele, não vai demorar para retornar ao octógono visando uma oportunidade de lutar mais uma vez pelo título em breve.

Motivado a dar a volta por cima, o paulista fez um pedido especial ao Ultimate. Em entrevista aos jornalistas após o UFC 280, Charles do Bronx pediu para Dana White e os demais dirigentes da franquia uma vaga para entrar em ação no card do UFC 283, evento que será realizado no dia 21 de janeiro, no Rio de Janeiro, e vai marcar o retorno da companhia ao Brasil após quase três anos. Na opinião do faixa-preta de Jiu-Jitsu, lutar em seu país natal, sob olhares da família, amigos e fãs é a oportunidade que ele precisa para voltar a vencer.

“Sem sombra de dúvida, se o UFC quiser me colocar para lutar no Rio, estou pronto. Não tenho corte, não tenho nada. Estou pronto para lutar hoje, agora, amanhã. Nasci para isso, nasci para lutar. Foi como falei no octógono, fui um dos campeões que mais lutou em pouco tempo. Uma luta atrás da outra, lutando na casa dos adversários. Se eu tivesse a oportunidade de lutar no Rio, seria muito bom para mim.

Poder lutar diante da minha família, do meu público. Não importa contra quem. Vou buscar esse cinturão de volta. Com certeza, ter a oportunidade de lutar no Rio seria muito bom. Fiz muito pelo UFC, o UFC sabe disso, assim como o UFC fez bastante por mim”, disse o brasileiro.

Para concluir, Do Bronx também revelou que teve uma breve conversa com Khabib Nurmagomedov após a luta contra Islam Makhachev. O russo, que está aposentado do MMA invicto e é ex-campeão peso-leve do UFC, fez algumas provocações ao brasileiro ao longo dos últimos meses justamente com a intenção de exaltar e promover o seu “pupilo” Makhachev.

“Esse é um esporte que temos que aprender todos os dias. Cada um vende a luta de uma forma, cada um faz aquilo que quer fazer. Ele vendeu a luta da forma que achava melhor e depois veio falar que me respeitava, assim como falei que respeitava muito ele. É o business. As pessoas falam e você não pode cair na pilha disso. Ele foi um grande campeão, fez uma grande história, hoje, tem um grande campeão ao lado dele. Vou dar a volta por cima”, finalizou.

Atualmente com 33 anos de idade, Charles do Bronx agora contabiliza 33 vitórias, nove derrotas e um No Contest (luta sem resultado) em seu cartel no MMA profissional. Com o revés para Islam Makhachev no UFC 280, o brasileiro viu chegar ao fim sua sequência de 11 triunfos consecutivos no Ultimate.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!