Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Lutas / MMA » Difícil!

Surfista brasileiro sofre racismo ao passear com a filha, branca, na praia: "Não estou raptando ela"

Uma americana chamou a policia ao ver Wesley Santos com a filha

SportBuzz Digital Publicado em 21/08/2019, às 16h02

None
Mackenzie Dern (Crédito: Reprodução/Instagram)

O surfista brasileiro Wesley Santos foi vítima de racismo nos Estados Unidos. 

Quem relatou o caso foi sua esposa, a lutadora norte-americana Mackenzie Dern. 

Através das redes sociais, a atleta contou que ela e sua família estavam passeando na praia quando ela então decidiu ir para o mar. Nesse momento, Wesley ficou na areia cuidando da filha do casal, Moa, de 3 meses. 

Ao ver a criança, que é branca, com o pai, que é negro, uma cidadã americana decidiu chamar a polícia. 

Em vídeo publicado no Instagram, Mackenzie contou que a senhora foi ao seu encontro e questionou se Wesley era mesmo pai da criança. Mesmo com a confirmação da lutadora, a mulher em questão afirmou que havia chamado a polícia, afinal, ficou incomodada com o fato de "um homem negro estar sozinho com uma criança branca".

Visivelmente incomodada com a situação, a estrela pediu ajuda para que os fãs e admiradores de seu trabalho ajudassem a acabar com o racismo e preconceito.

"A mulher ligou para a polícia sem nenhuma razão, só porque ele é um homem negro com um bebê branco. Isso é ridículo. Um pai não pode ficar sozinho com a sua filha só porque ele é mais escuro e a filha mais clara. Isso é racismo e precisa ser parado!", desabafou a atleta.

Com o retorno previsto para o próximo dia 12 de outubro, no UFC Tampa, a norte-americana enfrentará a brasileira Amanda Ribas após ficar um certo tempo longe os octógonos, tendo em vista a pausa que fez para se dedicar à gravidez.

Lutadora norte-americana mostrou o quanto ficou nervosa com a situação
(Crédito: Reprodução/Instagram)

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!