Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » VISH!

Torcida do Cruzeiro perde a paciência com William Pottker, após atacante apoiar fala polêmica da Vampeta

Atacante compartilhou uma publicação que minimizava a injúria racial sofrida por Gerson, do Flamengo

Redação Publicado em 22/12/2020, às 07h01 - Atualizado às 07h58

William Pottker em ação com a camisa do Cruzeiro
William Pottker em ação com a camisa do Cruzeiro - Gustavo Aleixo/Cruzeiro

William Pottker chegou a pouco tempo no Cruzeiro e parece não estar agradando os torcedores da equipe mineira com suas atitudes fora de campo. Isso porquê, na última segunda-feira, 21, o atacante compartilhou uma fala polêmica de Vampeta sobre o caso de racismo com Gerson, do Flamengo. 

Na oportunidade, em entrevista para a Gazeta Esportiva, Vampeta e Amaral comentaram o caso de racismo com o craque rubro-negro. Ambos acreditaram que houve certo exagero por parte do jogador flamenguista e deram algumas declarações polêmicas sobre o tema. 

"Esse final de semana eu estava em Sorocaba, em um evento com o Amaral, e a gente estava voltando no carro. Ele falava assim para mim: "Vampeta, está muito chato esse negócio na bola de qualquer coisinha (ser racismo)... Pô, você me chama de negão, de macaco, esses negócios assim". Eu estava vendo o jogo, e o Gerson é meio esquentadinho com tudo. Ele joga muito, muito mesmo, merece uma oportunidade na Seleção, mas eu não vi, e sendo reprisado, para tanta... Negro, não sei o quê, no calor do jogo", disse Vampeta. 

Esse trecho da fala do ex-jogador foi compartilhado por William Pottker, que marcou o ex-jogadores em sua publicação e também colocou emoticons com aplausos. Confira na imagem abaixo: 

Crédito; Instagram / William Pottker apoiando fala de Vampeta

 

Tentando se explicar sobre o assunto, Vampeta defendeu seu ponto de vista: "Não estou defendendo essas causas, não, pelo amor de Deus. O cara chegar assim no restaurante: "Ôh, seu preto, me dá...". Mas, no futebol, eu jogo bola no Vila Maria, e lá tem de tudo: coreano, boliviano... "Toca a bola, Bolívia. Alemão, toca a bola. Chinês...". E aí? Em São Paulo, chamam a baianada de baiano, no Rio todo mundo é Paraíba. "Toca a bola, negão". Pô..."

CONFIRA ALGUMAS DECLARAÇÕES DOS TORCEDORES SOBRE O TEMA:


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!