Sportbuzz
Testeira
Futebol / BRASILEIRÃO!

Sem Rogério Ceni, Michael marca golaço e Flamengo vira para cima da Chapecoense no Brasileirão

Michael ajudou o Flamengo a vencer a Chapecoense no Brasileirão em primeiro jogo sem Rogério Ceni

Redação Publicado em 11/07/2021, às 18h56 - Atualizado às 20h06

Flamengo foi surpreendido pela Chapeocoense e saiu derrotado no Brasileirão - Alexandre Vidal/Flamengo
Flamengo foi surpreendido pela Chapeocoense e saiu derrotado no Brasileirão - Alexandre Vidal/Flamengo

O Flamengo sofreu, mas conseguiu uma virada importante contra a Chapecoense neste domingo, 11, pelo Brasileirão. Ainda sem Renato Gaúcho no banco de reservas, o treinador viu Michael e Arrascaeta brilharem e ajudarem o rubro-negro a vencer os catarinenses por 2 a 1. 

COMO FOI O PRIMEIRO TEMPO? 

A primeira etapa foi amplo domínio do Flamengo. A equipe carioca pressionou a Chapeocoense e partiu para cima dos rivais para tentar sair da etapa inicial com vantagem. No entanto, não foi bem isso que aconteceu e os rubro-negros até chegaram a ver os adversários catarinenses se colocarem em condições para abrir o placar. 

As melhores oportunidades do Flamengo saíram dos pés de Arrascaeta e Everton Ribeiro. Os dois foram os pontos altos do time carioca quando tiveram liberdade para criar chances de gol. Os dois meias proporcionaram para Thiago Maia e Pedro grandes opções para finalizar. 

O volante, por sinal, ficou encarregado de fazer a antiga função de Gérson. Thiago Maia respondeu bem, pisou na área em algumas jogadas e ofereceu perigo para a meta de João Paulo duas vezes. No entanto, nas duas oportunidades, o meio-campista acabou não conseguindo aproveitar e chutou para fora. 

Quem também fez João Paulo trabalhar foi Pedro. Apesar de ter ficado um pouco mais apagado na partida, o centroavante tentou ser uma opção ofensiva para o Flamengo e conseguiu em algumas oportunidades, principalmente em finalizações de fora da área. 

Enquanto o Flamengo pressionou, a Chapecoense chegou com perigo numa única chance e foi numa saída de bola errada de Léo Pereira. O zagueiro vacilou, Anselmo Ramon tocou para Fabinho e o atacante bateu com perigo e Diego Alves operou um milagre. 

 E O SEGUNDO TEMPO? 

Na segunda etapa, o Flamengo teve mudanças em seu esquema tático e Michael entrou no lugar de Rodrigo Muniz. Os mandantes ganharam maior profundidade no campo de ataque, mas seguiram com problemas na criação de jogadas. Enquanto isso, a Chapecoense continuou se denfendendo bem no campo de defesa e levando perigo na bola parada. 

Por sinal, foi numa cobrança de escanteio que a Chape teve a melhor chance de gol até aquele momento da partida. Lima cruzou, fabinho desviou na primeira trave, Diego Alves defendeu, a bola bateu na trave e sobrou livre para Anselmo Ramon, que foi bloqueado npor Filipe Luís. 

 Depois da Chape gerar grande perigo para a meta de Diego Alves, o Flamengo criou um grande bombardeio contra a meta de João Paulo. O goleiro do time catarinense fez randes defesas em chutes de Arrascaeta e Pedro. Ambos deram trabalho para o arqueiro que foi segurando um empate importante no Maracanã. 

Mesmo com toda a pressão do Flamengo, foi a Chapecoense quem conseguiu abrir o placar no Maracanã. Busanello cobrou falta rasteiro e mandou a bola no canto de Diego Alves. O goleiro não conseguiu segurar a bola e Perotti apareceu para mandar para o gol. 1 a o Chape.

Depois de ficar atrás do placar, o Flamengo se lançou ainda mais ao ataque e perdeu chances incriveís com Pedro e Michael. Os dois ficaram em ótimas condições, mas João Paulo defendeu e também a defesa da Chape apareceu para bloquear os dois atletas. 

Aos 32 minutos, depois de ótima jogada de Isla, o lateral foi até a linha de fundo e cruzou para Pedro. O atacante não conseguiu dominar, mas acabou ajeitando para Arrascaeta. O meio-campista bateu de primeira e chutou no cantinho esquerdo de João Paulo para vencê-lo. 1 a 0. 

Na sequência veio a virada do Flamengo. Michael tabelou com Pedro, invadiu a área, driblou dois, deixou João Paulo para trás e marcou um golaço no Maracanã. 2 a 1 e rubro-negro carioca com uma virada espetacular no Maracanã. 


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!