Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / CASO VINI JR!

Real Madrid: Rodrygo se envolve em polêmica com Valencia; clube ameaça ação

Rodrygo, atacante do Real Madrid, voltou a falar sobre o episódio de racismo contra Vini Jr na partida diante do Valencia e causou irritação nos rivais

Rodrygo entrou em rota de colisão com o Valencia após dar declarações sobre o caso de racismo contra Vini Jr - Reuters - PABLO MORANO
Rodrygo entrou em rota de colisão com o Valencia após dar declarações sobre o caso de racismo contra Vini Jr - Reuters - PABLO MORANO

O Valencia se posicionou em relação a uma recente declaração de Rodrygo sobre o caso de racismo sofrido por Vini Jr durante uma partida do Real Madrid pela La Liga. Na oportunidade, Vinícius foi chamado de "macaco" e escutou a ofensa ecoar por boa parte do estádio Mestalla. O assunto voltou à tona na última quarta-feira, 14, quando o agora camisa 11 do time espanhol concedeu entrevista coletiva pela Seleção Brasileira e foi questionado em relação ao tema. 

Rodrygo relembrou da situação que passou durante aquela partida entre Real Madrid e Valencia e chegou a dizer que todo o estádio gritou "macaco" para Vini Jr: "Eu estava em campo, vi o estádio inteiro gritando 'mono'. Acontece comigo também, sou negro também". O atacante da equipe espanhola seguiu com o seu desabafo e deu mais detalhes do que aconteceu no Mestalla durante aquela tarde de domingo. 

"Muitas pessoas dizem que a Espanha é racista. Acho que a Espanha não é um país racista, existe racismo em todo o mundo. Existem pessoas racistas, mas o país em si não é. Eu estava em campo, vi o estádio inteiro gritando "macaco'. Acontece comigo também, eu sou preto também. Às vezes eu não vejo, como o Vini viu. Quando eu vi ele reclamando, pensei que era outra coisa. Quando eu vi o que realmente aconteceu... Fiquei muito triste . Foi um dia muito complicado. Este amistoso (contra Espanha) é uma demonstração muito grande, importante e necessária", explicou. 

Mas ao que tudo indica, o Valencia não parece ter aprovado a fala de Rodrygo. Pelo contrário, a equipe emitiu uma nota oficial nesta quinta-feira, 15, e repudiou as declarações do atacante. De acordo com o documento divulgado nas redes sociais, o clube quer que o brasileiro se desculpe e se retifique em relação à fala onde generaliza que todo o estádio gritou "macaco". A equipe ameaçou até ações mais rígidas, como por exemplo, entrar na Justiça contra o atacante do Real Madrid. 

Momento em que o árbitro conversa com Vini Jr sobre o protocolo de racismo (Crédito: Getty Images)
Momento em que o árbitro conversa com Vini Jr sobre o protocolo de racismo (Crédito: Getty Images)

Confira a nota oficial divulgada pelo Valencia contra as falas de Rodrygo!

"O Valencia CF lamenta e nega categoricamente as falsas declarações feitas pelo jogador Rodrygo Goes, nas quais afirma que todo o nosso estádio e torcedores proferiram cânticos racistas.Tais declarações são mentiras graves que contribuem para estigmatizar uma torcida exemplar como o Valencia CF de uma forma totalmente injusta.

Assim como seu treinador, Carlo Ancelotti, que corrigiu suas palavras após o jogo, pedimos a Rodrygo Goes que também corrija essas falsidades. O Valencia CF reserva-se o direito de tomar as medidas legais pertinentes para defender a honra de nosso clube e torcedores. Os jogadores de futebol também devem ser rigorosos e responsáveis ​​ao fazer declarações.

Da mesma forma, e mais uma vez, queremos ratificar nossa mais forte condenação a qualquer tipo de racismo ou violência e demonstramos isso com a expulsão perpétua dos três torcedores envolvidos neste lamentável incidente. Não restam dúvidas da nossa luta e empenho para erradicar este flagelo social.

Mais uma vez, pedimos o maior respeito aos nossos fãs e que não sejam atacados com informações falsas e boatos".


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!