Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » CAMPEONATO PAULISTA

RB Bragantino cede empate para o Santos, mas avança às quartas de final do Paulistão

Peixe domina 2º tempo, busca empate e encerra sequência de derrotas na temporada. Claudinho e Lucas Braga fazem os gols

Redação Publicado em 01/05/2021, às 21h08 - Atualizado às 21h55

RB Bragantino empata com o Santos e avança às quartas de final do Paulistão
RB Bragantino empata com o Santos e avança às quartas de final do Paulistão - Reprodução/ SporTV

Red Bull Bragantino e Santos empataram em 1 a 1 neste sábado, 1, em Bragança, em duelo válido pela décima rodada do Campeonato Paulista. No primeiro tempo no estádio Nabi Abi Chedid, Claudinho abriu o placar para os donos da casa, e Lucas Braga, na segunda etapa, deixou tudo igual.

O Massa Bruta é o líder do Grupo C, com 22 pontos, e confirmou a classificação às quartas de final do Paulistão. O time tem quatro pontos a mais que o Novorizontino e dez de diferença para o Palmeiras, que ainda jogam na rodada. 

 

Já o empate deixou o Santos em situação delicada na competição. O Peixe, que segue procurando um substituto para Ariel Holan, é o terceiro colocado do Grupo D, com 10 pontos e um jogo a mais que o vice-líder Guarani, que tem 11 e recebe o Novorizontino neste  domingo, às 20h (de Brasília). 

O Massa Bruta dominou o primeiro tempo, com marcação alta e diversas bolas no campo de ataque. O time abriu o placar aos 26 minutos, com gol de Claudinho. Logo no primeiro minuto da segunda etapa, o Santos chegou ao empate, com um belo chute de Lucas Braga. O Peixe até chegou ao gol pela segunda vez, mas o tento de Jean Mota foi anulado por um impedimento de Marinho na jogada.

O Peixe vinha de uma sequência de quatro derrotas nos últimos quatro jogos, sendo dois pelo Paulistão e dois pela Libertadores. A última vitória foi na competição estadual, quando bateu a Inter de Limeira por 2 a 1, no dia 18 de abril.

O Bragantino volta a campo na próxima quarta-feira, 5, às 21h30 (de Brasília), quando recebe o Talleres, pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana. Na terça-feira, às 19h15, o Santos enfrenta o The Strongest, em casa, pela terceira rodada da Libertadores.

O JOGO

A primeira jogada de perigo saiu pelo lado do Bragantino, aos seis minutos de jogo. Claudinho recebeu na entrada da área, dominou e rolou para Ytalo no meio da defesa alvinegra. O atacante do Massa Bruta chegou finalizando de esquerda, mas viu a defesa de João Paulo. Ytalo chegou a reclamar de um pênalti, mas o árbitro mandou seguir o jogo.

Em mais uma boa chegada, aos 12 minutos, Artur chegou na linha de fundo e tocou atrás para Claudinho, que puxou para a esquerda e cruzou. O meia Lucas Evangelista chegou para cabecear, mas mandou para fora.

O Santos teve uma boa chegada aos 22 minutos, quando Marinho aproveitou a sobra do cruzamento na beirada da área adversária, dominou e bateu de esquerda, mandando por cima do gol de Cleiton.

Aos 26 minutos, Claudinho abriu o placar para o Bragantino. Léo Ortiz fez o lançamento para Edimar na linha de fundo e cruzou na área pela esquerda, mas Luan Peres afastou o perigo. Pará tentou sair jogando, mas Pedrinho conseguiu recuperar a bola e ajeitou para o camisa 10 bater de primeira. A bola ainda desviou antes de entrar: 1 a 0.

Aos 33, Pará chegou com liberdade para cabecear após cruzamento de Felipe Jonatan na linha de fundo, mas não foi suficiente para igualar o placar antes do intervalo.

Logo no início do segundo tempo, no primeiro minuto, Lucas Braga fez um belo gol para deixar tudo igual no Nabizão. Marinho recebeu a bola na direita e, com uma bola visão de jogo, percebeu o atacante avançando sozinho pela esquerda. Lucas Braga recebeu, dominou na beirada da área e bateu firme de esquerda: 1 a 1.

Aos 15 minutos, Lucas Evangelista, do Bragantino, recebeu o cruzamento na área e subiu para cabecear livre, mas mandou por cima do gol de João Paulo.

A reação do Santos seguia e o time chegou a encontrar o gol novamente aos 16 minutos da segunda etapa, mas o lance foi anulado após revisão no VAR. Marinho recebeu o lançamento na direita e encontrou Pirani na entrada da área, que tentou avançar mas caiu no chão. Na sobra, Jean Mota chutou firme no ângulo de Cleiton. Seria um golaço do Peixe, mas o impedimento de Marinho foi marcado.

Aos 30 minutos, Jean Mota bateu colocado tentando o canto de cima de Cleiton, que se esticou para espalmar e mandar para fora.

Aos 39, Claudinho finalizou baixo, de fora da área, e João Paulo fez a defesa em dois tempos.

Placar final: 1 a 1.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!