Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » SÓ ELOGIOS!

Que moral, Neymar! Craque do PSG recebe redenção de jornais europeus, após atuação de gala na Champions League

Jogador fez dois gols e foi fundamental para que o Paris Saint-Germain vencesse o Manchester United

Redação Publicado em 03/12/2020, às 13h59 - Atualizado às 14h53

Neymar em ação pelo Paris Saint-Germain
Neymar em ação pelo Paris Saint-Germain - GettyImages

A última rodada da Champions League foi marcada por uma atuação de gala de Neymar. O craque brasileiro levou o PSG a uma vitória importantíssima em cima do Manchester United, no Old Trafford, e foi o destaque do confronto. 

Mostrando muita maturidade, habilidade e oportunismo, o camisa 10 parisiense marcou dois belos gols e liderou sua equipe na Inglaterra. Com a excelente atuação, Neymar voltou a ganhar a atenção dos jornais europeus, que se renderam a boa fase do atacante. 

O jornal L'Équipe, elogiou muito o jogador e classificou suas recentes atuações como essenciais para a conquista de títulos nesta temporada: "O brasileiro colocou o Paris no caminho certo". O diário francês ainda destacou que o atleta foi o "homem do jogo", em Old Trafford. 

Já os jornais espanhóis, voltaram a demonstrar grande apreço pelo futebol do craque brasileiro. De acordo com o Mundo Deportivo "Neymar ressuscita o PSG", enquanto o Sport destacou que "Neymar resolve" para o clube da capital francesa. 

Logo depois de sua ótima atuação contra o Manchester United, o camisa 10 do Paris Saint-Germain falou sobre a mudança de postura da equipe e mandou um recado claro para os seus críticos. Segundo Neymar, ele não veio para jogar Europa League... 

"Falei que se não mudasse nossa atitude poderia desistir, mas mudamos. Nunca me vi fora da Champions, nunca me vi jogando Liga Europa. Nunca me passou na minha cabeça. Sempre passou na minha cabeça que nesses momentos de dificuldade eu consigo crescer, consigo chamar responsabilidade", disse.
 

O jogador de 28 anos ainda voltou a falar sobre uma cobrança que fez publicamente quando a situação do Paris Saint-Germain não era boa no Grupo H. Ele disse que em momento algum cobrou companheirismo, mas sim detalhes técnicos e táticos.

"Me entenderam errado, não cobrei companheirismo de jeito nenhum, me entenderam da forma errada. Companheirismo sempre teve, mas dentro de campo faltava mais simplificar as coisas. Correr um pelo outro, mais como time, ajustar detalhes taticamente, mentalmente. É um grande grupo, todo mundo se gosta. É mais dentro de campo mesmo, simplificar o passe, ajudar na marcação. Hoje demonstrou que a gente pode chegar no nosso melhor nível, lutando, brigando", esclareceu.

Neymar, que está em sua quarta temporada no clube francês, afirmou sentir-se um líder dentro do elenco.

"Sempre me senti líder, desde os 17 anos. Nunca precisei usar braçadeira, sempre com atitude dentro de campo, lutando, brigando. Atitude dentro de campo reflete com meus companheiros. Só quero ajudá-los. Sou um cara muito chato em campo, só cobro. Mas está todo mundo lutando pelos companheiros", finalizou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!