Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » NÃO É BEM ASSIM!

Leila Pereira abre o jogo sobre possibilidade de se candidatar à presidência do Palmeiras: "Gostaria, mas não adianta ter só desejo"

Conselheira do clube Alviverde foi a mais votada na eleição passada e segue para o segundo mandato

Redação Publicado em 09/03/2021, às 13h46

Leila Pereira, conselheira do Palmeiras
Leila Pereira, conselheira do Palmeiras - Reprodução/Instagram

Depois de ser a mais votada na eleição do conselho no mês passado, iniciando seu segundo mandato, Leila Pereira, conselheira do Palmeiras deu entrevista ao "Nosso Palestra", através de live no YouTube e comentou sobre sua trajetória e projeções dentro do clube.

Além disso, ela também sanou a curiosidade de muitos torcedores e dirigentes. Afinal, teremos Leila Pereira como candidata à presidência do Alviverde?

"Fiquei muito honrada em, novamente, ser a conselheira mais votada da história centenária do Palmeiras. Na minha primeira votação foram 248 votos e dessa vez 387. Esses com 51 do meu marido, foram 12% do total de pessoas que foram votar. Um orgulho muito grande!", disse antes de completar.

"Tudo isso só ratifica a confiança que o associado tem no trabalho que nós temos desempenhado no clube. Nossa dedicação e nossa entrega. Fiquei muito feliz com uma votação tão expressiva. Ainda mais em um momento tão complicado da pandemia, que fez com que muitas pessoas não fossem votar, com medo", continuou.

No entanto, quando questionada sobre uma possível candidatura à presidência, a conselheira se esquivou de responder na lata, mas reforçou que nesse momento a possibilidade se tornou uma realidade viável.

"Vivo o hoje e o amanhã a Deus pertence. Gostaria de continuar sendo conselheira pra continuar colaborando. Não tem nada a ver forçar uma votação expressiva pensando em eleição para o cargo que for", contou.

"Com a minha reeleição ao conselho, eu poderia, estatutariamente, concorrer pela presidência do Palmeiras. Mas não cabe a mim sair dizendo se sou ou não candidata. Tenho que ser anunciada pelo grupo que pertenço (situação). Não vou pular etapas", completou.

Mesmo que não tenha cravado com certeza a decisão de concorrer como presidente do Palmeiras, Leila revelou ser um desejo pessoal.

"É meu interesse pessoal. Meu desejo. Desejo de todo palmeirense e todo conselheiro. Se perguntar isso pra qualquer conselheiro do Palmeiras apto, tenho certeza absoluta que diriam que sim. O único que falaria não é o meu marido", confessou.

"Claro que eu gostaria (de ser presidente), mas não adianta ter só desejo. Tem que ter o apoio do seu grupo. Não é uma decisão individual, da candidata, é uma decisão de todo o grupo. E se for essa a decisão, claro que ficarei muito honrada", finalizou.

A eleição presidencial do Palmeiras acontece apenas em novembro deste ano e vai definir o sucessor de Maurício Galiotte, que termina seu segundo mandato.

Mesmo não declarando com convicção sua candidatura, Leila é apontada como um dos principais nomes à vaga do atual presidente.


 
 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!