Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / VISH!

Juventus é punida e perde 15 pontos no Campeonato Italiano

Nesta sexta-feira, 20, a Juventus foi punida na justiça e perdeu 15 pontos no Campeonato Italiano, por conta de escândalos de fraudes fiscais em contratações

Redação Publicado em 20/01/2023, às 19h49 - Atualizado às 21h20

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Juventus sofre punição e perde 15 pontos no Campeonato Italiano - Getty Images
Juventus sofre punição e perde 15 pontos no Campeonato Italiano - Getty Images

Nesta sexta-feira, 20, a Juventus foi punida pela justiça desportiva do país e perderá 15 pontos no Campeonato Italiano. Isso ocorreu por conta de fraudes fiscais nas contratações de jogadores. De acordo com um comunicado feito pela Federação Italiana de Futebol, 11 dirigentes e ex-integrantes da direção do clube foram suspensos.

Entre os nomes suspensos está Andrea Agneli, ex-presidente da Juventus, com uma sanção de 24 meses. Além dele, o ex-diretor Fabio Paratici sofrerá uma suspensão ainda mais extensa, de 30 meses. O ex-integrante da direção Pavel Nedved, conhecido por ser ídolo do clube como jogador, também ficará suspenso por 8 meses.

A Juventus ocupava a 2ª colocação do Campeonato Italiano, com dez pontos de diferença para o Napoli, líder da competição. Agora, após a punição, a equipe se encontra com 22 pontos e ficou na 10ª colocação, já na 18ª rodada da Serie A. Neste domingo, 22, o time de Turim volta a campo para o confronto contra a Atalanta.

Ano passado, a Juventus tinha sido absolvida junto com outras dez entidades, mas com informações fornecidas pela agência de notícias AFP, o tribunal de apelação da Federação Italiana de Futebol acatou o pedido para reabrir o processo devido aos elementos transmitidos pela justiça da Itália.

Massimiliano Allegri, treinador da Juventus (Crédito: Getty Images)
Massimiliano Allegri, treinador da Juventus (Crédito: Getty Images)

Todos os outros clubes envolvidos no julgamento foram absolvidos nesta reabertura do caso. Segundo a defesa da Juventus, o caso sofre com uma ausência de “fatos novos” em relação ao que julgado de forma anterior, alegando um erro processual. Segundo os veículos italianos, alegaram que “Ninguém pode ser processado ou condenado na jurisdição do mesmo Estado por um crime pelo qual já foi absolvido ou condenado”.


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!