Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » SERÁ?

Ex-lateral diz que Jurgen Klopp não está seguro no cargo e que logo pode ser demitido do Liverpool; saiba mais!

Na última semana, especulações da imprensa alemã indicaram o treinador poderia deixar a equipe para assumir um novo desafio

Redação Publicado em 25/02/2021, às 12h51

Jurgen Klopp no banco de reservas do Liverpool
Jurgen Klopp no banco de reservas do Liverpool - GettyImages

Ao que parece, a passagem de Jurgen Klopp no comando do Liverpool está chegando o fim, ao menos é o que garante Glen Johnson, ex-lateral direito do clube inglês e que deu a notícia ao portal "Cheltenham Guides".

O jogador aposentado acredita que o alemão vai precisar melhorar o desempenho e os resultados para a próxima temporada, mas que ainda deve permanecer mesmo após uma campanha frustrante.

"Eu acho que o trabalho de Klopp está seguro, mas será diferente no próximo ano. Você não pode falar sobre demiti-lo, pois ele tem sido inacreditável, mas infelizmente, nesse nível de futebol, as coisas mudam rápido", opinou.

Na última quarta-feira, 24, a imprensa alemã afirmou que Klopp pode deixar o Liverpool ao final da próxima temporada para assumir a seleção nacional a partir de 2023 após a Copa do Mundo do Qatar.

Até o momento, o treinador não se pronunciou sobre o assunto e possui contrato com o clube inglês até 2024.

Na partida válida pela Liga dos Campeões diante do RB Leipzig, Klopp admitiu que o time não briga mais pelo título da Premier League, já que não vive boa fase. Depois da vitória, Klopp ironizou quem considerava que ele estava com seu cargo comprometido.
 
"Muitos provavelmente esperavam que nós escorregássemos de novo devido à situação. Os rapazes não escorregaram e estou feliz", disse.
 
Em 36 jogos disputados na temporada 2020/21, o Liverpool venceu 18, empatou 10 e perdeu oito, tendo aproveitamento de 59,2%.
 
Esse desempenho da equipe fez o trabalho Klopp ser contestado, mas o treinador negou que sairia do comando da equipe. A vitória na Liga dos Campeões foi importante para ser o início de uma recuperação dos Reds.
 
"Foi o jogo que queríamos, o jogo que precisávamos. O Leipzig pode ser um monstro real. Eles eliminaram grande equipes, são muito fortes fisicamente. Acredito que merecemos a vitória, forçando eles a errarem", disse.

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!