Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / CORINTHIANS

Ex-Corinthians, Malcom comemora sete anos de sua estreia como profissional

Revelado pelas categorias de base do Timão, atacante fez sua estreia em 2014, em jogo válido pela Copa do Brasil

Redação Publicado em 19/03/2021, às 11h11 - Atualizado às 11h12

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Ex-Corinthians, Malcom comemora sete anos de sua estreia como profissional - GettyIamges
Ex-Corinthians, Malcom comemora sete anos de sua estreia como profissional - GettyIamges

Revelado pelas categorias de base do Corinthians, o atacante Malcom comemora sete anos como jogador profissional nesta sexta-feira, 19. Hoje no Zenit, da Rússia, o ex-Timão fez sua estreia no time principal em março de 2014, na vitória alvinegra por 2 a 0 sobre o Bahia de Feira, pela Copa do Brasil.

“Muito feliz em comemorar essa marca em minha carreira. Espero poder retribuir o carinho com muito futebol, muitos gols e títulos. É isso que busco com muito trabalho, empenho e dedicação”, comemorou o jogador de 24 anos, em declaração através de sua assessoria de imprensa.

“Lembro de toda dificuldade que passei e agradeço muito a Deus e as pessoas que me ajudaram a chegar até aqui e ter sucesso na minha vida profissional”, completou.

Apesar de jovem, Malcom tem muita experiência no futebol europeu. O atacante deixou o Corinthians em janeiro de 2016 para assinar com o Bordeaux, da França, clube onde atuou por dois anos. Foi no time francês que registrou sua melhor passagem na carreira, com 23 gols e 14 assistências em 99 jogos. 

Em julho de 2018, o jogador chegou ao Barcelona e ficou no clube catalão até julho do ano seguinte, quando se transferiu para a Rússia. 

No Zenit desde agosto de 2019, Malcom já disputou 41 jogos, marcou nove gols e deu quatro assistências. Em pouco tempo no clube, o atacante já foi campeão do Campeonato Russo (2019/20), da Copa da Rússia (2019-20) e da Supercopa da Rússia (2020).


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!