Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » SONHO ALVIVERDE!

Conselheira, Leila Pereira não enconde o desejo de ser presidente do Palmeiras: "Futebol se faz com dinheiro"

A polêmica personagem é uma das figuras fortes na política alviverde, além de ser a dona das patrocinadoras do time

Marcello Sapio Publicado em 09/03/2020, às 15h14

Leila Pereira tem o desejo de ser presidente do Palmeiras
Leila Pereira tem o desejo de ser presidente do Palmeiras - Divulgação Instagram

Uma das pessoas mais influentes dentro da política alviverde, Leila Pereira é uma personagem que ainda é controversa no Palmeiras.

Desde 2015 no clube, entrando como patrocinadora, com a rede de crédito Crefisa e a faculdade FAM, Leila ganhou espaço e, em 2017, ganhou espaço no conselho deliberativo do clube, visando a presidência.

Ao longo de sua jornada, ela conseguiu apoio importantes dentro do alviverde, como o "bloco" do ex-presidente Mustafa Contursi e o do atual mandatário, Maurício Galiotte.

Porém, também ganhou alguns atritos, como por exemplo com Paulo Nobre, ex-presidente do Palmeiras e com quem tinha uma relação bem próxima.

Em uma entrevista à coluna da Marília Ruiz, do Estado de São Paulo, a empresária e conselheira não escondeu o desejo de assumir o cargo, mas ponderou que há passos a serem dados antes: "Primeiramente hoje sou conselheira. Para ser presidente do Palmeiras, preciso ser reeleita conselheira. Então isso sim: sou candidatíssima à reeleição para o Conselho. Eu sendo reeleita conselheira, tenho todas as condições para ser candidata a presidente."

Leila ainda comentou sobre as polêmicas de que haveria um conflito de interesse, já que ela seria a patrocinadora e a presidente: "Eu tenho várias possibilidades. Eu poderia renovar antes com o presidente. Posso renovar depois. Poderia fazer um conselho para decidir. Também se não quiserem renovar comigo, porque acharam um patrocinador maior, ótimo. Não tem nenhum problema. Vou estar colaborando com o Palmeiras de qualquer jeito. As pessoas se preocupam demais com quem põe dinheiro no clube"

"O meu contrato de patrocínio vence em dezembro de 2021. Sou candidata ao conselho em fevereiro de 2021. E a eleição seria em novembro. Eu não vejo problema absolutamente nenhum com quem põe dinheiro no clube. O problema deveria ser com quem tira dinheiro do clube. Eu só coloco", completou Leila.

Ela ainda falou sobre os altos investimentos que os patrocínios têm feito no futebol do Palmeiras. Vale lembrar que a parceria Crefisa-Palmeiras é a mais cara do país, com a estimativa de render, neste ano, cerca de R$147 milhões: “Eu entrei no Palmeiras com esse investimento para ver o time campeão. Futebol se faz com dinheiro. Esse negócio de 'bom e barato' levou a gente para a segunda divisão em 2002. Eu não acredito nisso. Eu acredito em investimento bem dirigido"

Por fim, ela comentou sobre a ajuda que a Crefisa fez nas contratações do Palmeiras no passado, como Borja, Guerra e Bruno Henrique, por exemplo: "Os investimentos anteriores, como todos vocês sabem, tiveram um aporte muito grande de dinheiro da Crefisa. É óbvio que nós conversamos. Não para decidir quem sim e quem não. Apenas sobre valores. O presidente perguntava: 'Leila, você pode contribuir? Não pode contribuir?'. Mas não sobre nomes. Não posso pegar essa responsabilidade para mim. O presidente não sou eu. Se acontecer um problema, a responsabilidade não pode ser minha. Como também os méritos também são todos do presidente quando dá certo."

Desde que Leila começou a injetar dinheiro no futebol do Palmeiras, o time alviverde já conquistou três títulos, sendo dois Campeonatos Brasileiros (2016 e 2018) e uma Copa do Brasil (2015).


5 itens que os palmeirenses não podem deixar de ter

1- Bíblia do Palmeirense - https://amzn.to/2MzBC84

2- Caneca Trigger Palmeiras - https://amzn.to/31ylx6D

3- Luminária LED Palmeiras - https://amzn.to/2W1PZFc

4- Almofada de Pipoca - https://amzn.to/2J9irzz

5- Chaveiro Palmeiras - https://amzn.to/2P6JYFD

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!