Sportbuzz
Testeira
Futebol / CAMPEONATO PAULISTA

Com dois gols de Moisés, Ponte Preta bate o Guarani e volta a vencer no Paulistão

Macaca abriu o placar, sofreu o empate no início do segundo tempo, mas venceu o dérbi no Moisés Lucarelli

Redação Publicado em 05/05/2021, às 22h33 - Atualizado às 22h59

Com dois gols de Moisés, Ponte Preta vence o Guarani e volta a vencer no Paulistão - Transmissão/ Premiere
Com dois gols de Moisés, Ponte Preta vence o Guarani e volta a vencer no Paulistão - Transmissão/ Premiere

A Ponte Preta venceu o Guarani por 3 a 1 nesta quarta-feira, 5, em jogo atrasado da sexta rodada do Campeonato Paulista. Com dois gols de Moisés e um de Paulo Sérgio, a Macaca venceu o dérbi e encerrou a sequência de três derrotas. Davó descontou para o Bugre, que perdeu a chance de conquistar a vaga antecipada.

Com o resultado, o Ponte chegou aos 13 pontos no Grupo B do Paulistão. O time tem dois pontos a menos que a Ferroviária, que joga nesta quinta-feira, e precisa de um tropeço dos rivais da chave para continuar sonhando na competição. Se a Ferrinha vencer, a Macaca estará eliminada do campeonato.

O Guarani permaneceu com 14 pontos no Grupo D. O Bugre agora aguarda o resultado do Santos, com 10 pontos, para saber como vai chegar na última rodada. No entanto, o time depende apenas de si para conseguir uma vaga no mata-mata.  

Os times não chegaram com muito perigo no primeiro tempo e faziam um jogo morno. Já nos acréscimos, aos 47 minutos, o atacante Moisés abriu o placar para a Ponte após passe de Apodi.

Logo aos três minutos da segunda etapa, Davó deixou tudo igual no dérbi para o Guarani. Aos cinco, um pênalti a favor da Ponte mudou o panorama da partida. Paulo Sérgio foi para a cobrança e colocou o time da casa de volta na liderança do placar. Moisés marcou o terceiro da equipe e seu segundo no jogo, confirmando a vitória da Macaca.

O JOGO

A primeira grande chance do primeiro tempo veio aos 20 minutos, pelo lado do Guarani. O atacante Julio César levou a bola até a linha de fundo e fez o cruzamento. A bola pegou efeito em direção ao gol e o goleiro Ygor Vinhas afastou o perigo com um tapa.

Aos 25 minutos, foi a vez da Ponte chegar. Após bate rebate dentro da área, Moisés chutou cruzado, mas a bola foi para fora.

Em nova chance, aos 27, Andrigo venceu a disputa com Ruan Renato e bateu, mas o goleiro da Ponte fez uma boa defesa. Aos 41, Júlio César recebeu o passe de Davó e mandou para o gol, mas o atacante do Guarani estava irregular no momento do cruzamento e o lance foi anulado por impedimento.

A Ponte abriu o placar aos 47 minutos da primeira etapa, com gol de Moisés. Dawhan tocou para Apodi, que cruzou para o artilheiro Moisés dominar dentro da área e balançar as redes: 1 a 0.

Aos três minutos do segundo tempo, o Davó deixou tudo igual no Moisés Lucarelli. Após escanteio cobrado por Camilo, a defesa do Guarani levou a melhor e logo puxou o contra-ataque. O atacante foi acionado por Régis e bateu. O goleiro Ygor aceitou o chute: 1 a 1.

Aos cinco, Moisés foi derrubado na área após entrada de Thales. O árbitro mandou seguir, mas o VAR entrou em ação e o pênalti foi marcado após revisão. Seis minutos depois, Paulo Sérgio foi para a cobrança, bateu no canto esquerdo e devolveu a liderança do placar para a Ponte Preta: 2 a 1.

A Ponte ampliou o placar aos 31 minutos do segundo tempo, com mais um gol de Moisés. Rayan fez o lançamento e Camilo desviou de cabeça para o artilheiro, que puxou para dentro e chutou cruzado: 3 a 1.

O Guarani chegou mais uma vez aos 35 minutos, mas viu uma grande defesa de Ygor. Airton cabeceou firme após levantamento de Tony, mas o goleiro da Ponte foi buscar e evitou o gol.

Placar final: 3 a 1 para a Ponte Preta.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!