Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » NÃO SABE PERDER?

Colunista espanhol dispara contra Cristiano Ronaldo: "Péssimo perdedor"

CR7 não compareceu à cerimônia Fifa The Best que elegeu Messi como o Melhor do Mundo

SportBuzz DIGITAL Publicado em 24/09/2019, às 15h58

Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo - Getty Images

Na última segunda-feira, 23, aconteceu o Fifa The Best, a premiação individual mais aguardada do futebol mundial. Lionel Messi recebeu o título de Melhor Jogador do Mundo pela sexta vez, superando Cristiano Ronaldo e Virgil van Dijk.

Apesar de indicado, o atacante da Juventus não compareceu à cerimônia realizada em Milão, na Itália, 142 quilômetros ou 30 minutos de distância da mansão do jogador. De acordo com o jornal espanhol Marca, o craque não foi por um conflito em sua agenda de compromissos, já que a Juventus enfrenta nesta quarta-feira, 25, o Bologna, pela Copa Itália. 

Para o colunista espanhol, Ulises Sánchez-Flor, do jornal espanhol El Confidencial, o craque alimenta o seu ego com "suposto ódio alheio" e por isso não compareceu ao prêmio. "A grande verdade é que Cristiano Ronaldo é um mau perdedor", criticou. 

Para Sánchez-Flor, o craque português deveria se questionar sobre o que Messi fez na última temporada que ele não teria feito, já que nenhum dos dois foram vencedores da Champions League e sim Van Dijk. O astro do futebol não entrou no time dos 11 ideais

Com a coroação do argentino pela sexta vez, Messi agora ultrapassa CR7 em vezes como Melhor do Mundo, com um título a mais.

Desde que a Fifa alterou o nome da premiação, em 2016, essa foi a primeira vez que o jogador do Barcelona foi eleito. O luso, porém, foi nomeado em duas oportunidades: em 2016 e 2017. 

O colunista do portal espanhol fez duras críticas a Cristiano Ronaldo e não poupou palavras para disparar contra o jogador. 

Confira um trecho da coluna: 

A obsessão de Cristiano Ronaldo por um longo tempo é que o mundo o inveja porque ele é um vencedor e eles querem vê-lo falhar. Aqui está a outra crise de Cristiano Ronaldo: o de uma pessoa que alimenta seu ego com um suposto ódio dos outros. Quanto mais você se sente questionado, menosprezado ou tratado injustamente, comporta-se como um ser que reivindica. O mundo está contra ele e, nesta ocasião, esse mundo é a FIFA por ter dado a Messi um suposto favor. O que o argentino fez e não conseguiu na última temporada? É a pergunta que o português deve fazer quando nenhum deles venceu a Liga dos Campeões e o outro candidato, Van Dijk , foi o campeão e foi o maior vencedor dos prémios que a UEFA entregou em agosto.

A verdade é que Cristiano Ronaldo é um péssimo perdedor. Mas isso não importa para um jogador que pode até suspeitar que, desde que deixou o Real Madrid, suas chances de ganhar prêmios individuais foram reduzidas. Você pode até pensar que os tentáculos de Florentino Pérez são tão poderosos que tornam possível que na pior temporada do Real Madrid em muitos anos haja três jogadores nos onze ideais (Marcelo, Sergio Ramos e Modric) e eles possam continuar vivendo nas sobras de os últimos campeões e ele já os olha com menos admiração.

Nem tudo é resolvido com dinheiro nesta vida e você pode ter outro tipo de crise. Os mais comuns são os econômicos quando falta liquidez para cobrir as despesas, o que não é o caso de Cristiano Ronaldo por causa da sobra de dinheiro. Alguns dias atrás, encontramos a tabela salarial dos jogadores do futebol italiano e o português é o bilionário com uma grande diferença. Seu salário na Juventus é de 31 milhões de euros líquidos , segundo o jornal esportivo 'La Gazzetta dello Sport', e por trás há outros salários mais 'modestos'. O segundo mais bem-sucedido na Itália é seu companheiro de equipe, o holandês Matthijs De Ligt (8 milhões de pontos).O dinheiro o leva a assinar acordos de confidencialidade com a mulher (Kathryn Mayorga) que o denunciou por uma suposta violação , mas quando se trata de ser reconhecido como o melhor do mundo, outros critérios subjetivos entram e Cristiano não os respeita.

VENCEDORES DO PRÊMIO FIFA 2019

Melhor jogador (masculinho):
Lionel Messi

Melhor jogadora (feminino):
Megan Rapinoe

Melhor técnico:
Jurgen Klopp

Melhor técnica:
Jill Ellis

Melhor goleira:
Sari van Veenendaal

Melhor goleiro:
Alisson Becker

Melhor fã:
Silvia Grecco

Prêmio Puskas - gol mais bonito do ano:
Daniel Zsori

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!