Sportbuzz
Testeira
Futebol / SAUDADES DO EX!

Cinco motivos que farão o Barcelona sentir falta de Lionel Messi

Após 17 temporadas contando com Messi em seu elenco, agora o Barcelona precisará aprender a se virar sem ele

Lucas Cesare Publicado em 05/08/2021, às 17h21 - Atualizado às 17h48

Cinco motivos que farão o Barcelona sentir falta de Lionel Messi - Getty Images
Cinco motivos que farão o Barcelona sentir falta de Lionel Messi - Getty Images

Lionel Messi não chegou a um acordo com o Barcelona pela renovação de seu contrato e está de saída do clube depois de 17 temporadas. O camisa 10 é cria de ‘La Masia’, como é chamada a academia de base da equipe catalã, e defendeu o time durante toda a sua carreira profissional.

Agora, o craque argentino irá trocar a camisa azul e grená pelas cores de outra equipe, muito provavelmente também do futebol europeu, algo que será muito estranho para todos os amantes de futebol. Com certeza vestir a camisa de outro clube será incomum também para o próprio Lionel Messi e, principalmente, para o Barcelona, que pela primeira vez, não poderá contar com seu maior ídolo no elenco.

Dessa forma, o SportBuzz preparou para vocês uma lista com cinco motivos que farão o Barcelona sentir a falta de Lionel Messi durante a temporada 2021/22:

 

 

1- CARÊNCIA DE UM ÍDOLO

O primeiro ponto, sem dúvida, é pela ausência, por si só, do craque argentino no time titular. Depois de tantos anos sendo a principal referência dos culés no ataque, e também na construção de jogadas, Messi ajudou a equipe blaugrana a subir de patamar no futebol mundial, conquistando quatro Champions Leagues, 10 Campeonatos Espanhóis, além de inúmeros outros troféus.

Assim, ver o Barcelona em campo e não ver o jogador vestindo a camisa 10, com certeza trará um gosto amargo, não somente aos torcedores do time, mas também aos amantes de futebol como um todo, que puderam acompanhar de perto uma lenda escrevendo sua história.

2-  A “MESSIDEPENDÊNCIA”

O Barcelona possui uma extrema dependência de Messi na hora de marcar gols. O jogador foi o artilheiro e líder de assistências do clube em praticamente todas as últimas temporadas. Na última, o argentino marcou 39 gols e deu 14 passes para gols, terminando como o artilheiro da La Liga.

Mesmo com a chegada de bons reforços para o setor ofensivo, como Sérgio Agüero e Memphis Depay, é muito improvável que, logo na primeira temporada pelo clube, os jogadores consigam entregar os mesmos números do craque argentino.

 

 

3- IRREGULARIDADE DOS DEMAIS ATACANTES

Outro fator que se soma à dependência do argentino, é a irregularidade de outros jogadores que poderiam suprir um pouco melhor a falta do craque, como Coutinho, Griezmann e Dembélé.

Nos últimos anos o Barcelona gastou milhões em contratações tentando formar um trio de ataque poderoso como o antigo MSN (Messi, Suárez e Neymar), mas todos os jogadores, ao chegarem ao clube, não conseguiram apresentar o mesmo futebol que jogavam em suas antigas equipes.

Foi assim com Philippe Coutinho, com Antoine Griezmann (que foi, por muitos anos, o principal jogador do Atlético de Madrid) e com Ousmane Dembélé, que mesmo tendo deixado o Borussia Dortmund ainda como uma grande promessa, por conta de suas lesões, nunca conseguiu atingir o potencial que lhe era esperado.

4- POSSIBILIDADE DE ENFRENTA-LO

Além de perder seu principal jogador, o Barcelona agora poderá ganhar um fortíssimo oponente, já que existirá a possibilidade de enfrenta-lo em alguma competição. Mesmo sem sabermos exatamente qual será o destino do argentino, é muito claro que ele continuará no futebol europeu por mais algumas temporadas. Além disso, é muito improvável que ele se transfira para outra equipe espanhola, por respeito ao próprio Barcelona.

Sendo assim, caso vá jogar em algum clube da Inglaterra, Itália, França ou Alemanha (maiores ligas europeias), Messi poderá enfrentar o equipe catalã na Liga dos Campeões, algo que o clube nunca vivenciou antes, até porque este sempre esteve ao seu lado.

 

 

5- TRANSFERÊNCIA SEM CUSTOS

O Barcelona perdeu seu principal jogador e, como se isso não pudesse ser ruim o suficiente, não irá lucrar nem um centavo com a transferência. Isso porque Messi já não tem mais contrato com o clube catalão desde o final de junho.

Assim, qualquer time que estiver interessado em contratar o argentino, precisa apenas estar disposto a arcar com as altas pedidas salariais do craque e não precisará pagar quantia nenhuma ao Barcelona por ele, já que ambos não possuem mais nenhum vínculo oficial. Messi está avaliado em 80 milhões de euros segundo o site Transfermarkt.

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!