Sportbuzz
Testeira
Futebol / CHAMPIONS LEAGUE!

Chelsea sofre contra Porto, porém Mount decide e time de Thomas Tuchel vence na Champions League

Equipe inglesa suou, mas conseguiu uma vantagem importante para o jogo de volta

Redação Publicado em 07/04/2021, às 15h19 - Atualizado às 17h49

Mason Mount foi decisivo para o Chelsea nesta partida - GettyImages
Mason Mount foi decisivo para o Chelsea nesta partida - GettyImages

O Chelsea sofreu nesta quarta-feira, 7, mas conseguiu uma vitória importante contra o Porto na Champions League. Os ingleses encontraram muitas dificuldades contra os rivais lusos, porém Mason Mount apareceu e garantiu a vantagem de 2 a 0 para a partida de volta, que ocorrerá na próxima terça-feira, 13. 

 

Intensidade, força física e muita pressão. Esse foi o primeiro tempo entre portugueses e ingleses, que fizeram 45 minutos de muita disputa pela bola no meio de campo e com poucas chances reais de gol. Quem conseguiu criar mais oportunidades foi o Porto, que não soube aproveitá-las.

As melhores oportunidades e quase balançaram as redes saíram dos pés de Otávio, Pepe e Sanusi. Os jogadores do time luso fizeram com que Mendy trabalhasse e fizesse algumas boas defesas para evitar o pior para o Chelsea. 

Os Blues, por sinal, voltaram a ter a mesma dificuldade de outras partidas. Eles tiveram mais posse de bola, controlaram o jogo, mas não conseguiram finalizar. Os ingleses encontraram muita dificuldade para passar pela defesa rival, que ficou bem postada durante a etapa inicial.

Demorou para sair, mas na primeira finalização do Chelsea na partida saiu o gol. Aos 31 minutos, após uma longa troca de passes, Jorginho deixou Mount na cara do gol e o inglês tocou na saída de Marquesín para fazer 1 a 0. O inglês deu um lindo drible de corpo no zagueiro rival antes de chutar e colocar o seu time em vantagem no confronto.

Depois de sofrer o gol, o Porto seguiu criando chances e tentando encurralar o Chelsea em seu campo de defesa. Buscando pressionar a saída de bola rival, os lusos assumiram o controle da partida , mas não conseguiram transformar o volume de jogo em gols.

Veio o segundo tempo e os portugueses seguiram com a postura mais ofensiva e pressionaram a saída de bola dos Blues. Os ingleses voltaram um pouco mais cautelosos e a frieza da equipe de Thomas Tuchel quase custou caro logo no começo da etapa final. 

Com menos de cinco minutos, Marega foi lançado e ganhou na velocidade do zagueiro rival. O atacante ficou de frente com Mendy e acertou uma bomba, mas o goleiro fez uma grande defesa. O francês reclamou muito do vacilo do sistema defensivo do Chelsea. 

Na sequência, Luis Dias e Pepe levaram perigo para a meta dos rivais. O primeiro arriscou um chute colocado da entrada da área e viu a bola passar perto da trave. Já o zagueiro, até chegou a marcar, porém o juiz flagrou uma falta em Mendy no lance e anulou o tento. 

O Chelsea, depois de levar alguns sustos, teve uma chance clara com Mason Mount, porém o inglês não soube aproveitar. O atacante recebeu de Timo Werner, dentro da área e sem goleiro, mas o defensor do Porto apareceu e cortou o perigo para os portugueses. 

No final do jogo, depois dos mandantes tanto tentarem e perderem grandes oportunidades, os portugueses viram os rivais ingleses matarem a partida com Chilwell. O lateral aproveitou o vacilo da zaga, driblou Marquesín e empurrou para o fundo das redes. 2 a 0 e vantagem garantida para o confronto de volta.  

QUANDO OS TIMES SE ENFRENTAM DE NOVO? 

A próxima partida entre as duas equipes vai acontecer na próxima terça-feira, 13, às 16h, no Estádio Ramón Sánchez Pizjuán, em Sevilla, na Espanha.  


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!