Sportbuzz
Testeira
Futebol / Corinthians

Cássio desfalca o Corinthians no próximo jogo contra a Chapecoense por causa de 'cera' no último minuto, segundo o árbitro

O goleiro Cássio, do Corinthians, foi suspenso no último minuto contra o Inter por causa de 'cera', e não poderá atuar contra a Chapecoense

Redação Publicado em 25/10/2021, às 07h07

Cássio agarra bola pelo Corinthians na Libertadores - Créditos / Getty Images - Getty Images
Cássio agarra bola pelo Corinthians na Libertadores - Créditos / Getty Images - Getty Images

Nesse domingo, 24 de outubro, Cássio foi advertido pelo árbitro por causar 'cera' no último minuto do empate por 2 a 2 contra o Internacional, e assim desfalcando o Corinthians na próxima rodada contra a Chapecoense, na Neo Química Arena, em 1 de novembro. 

 

 

Cássio recebeu seu terceiro amarelo contra o Internacional no Beira-Rio, automaticamente sendo suspendido do próximo jogo pelo Corinthians, que será contra a Chapecoense.

O árbitro Bruno Arleu de Araujo alegou na súmula que o goleiro foi amarelado por "retardar o reinício do jogo" aos 52 minutos com o jogo empatado em 2 a 2. 

Na mesma partida, o árbitro carioca também expulsou Patrick, do Internacional, e Xavier, do Corinthians no final do jogo por uma confusão generalizada. Na súmula, o juiz expulsou o jogador corintiano por "por ter empurrado o peito" de Taison "com uso de força excessiva".

O substituto de Cássio será Matheus Donelli, e Sylvinho também terá à disposição João Victor, que cumpriu suspensão no último jogo e foi substituido por Raul.


Em jogaço, Internacional empata com Corinthians no Brasileirão

Corinthians chegou a virar a partida, mas levou o empate do Internacional e desperdiçou chance de se manter no G-6

 

COMO FOI O PRIMEIRO TEMPO? 

A primeira etapa de Internacional e Corinthians foi de pouca intensidade do Timão e uma grande pressão colorada no início do jogo. Os dois times, que lutam diretamente por uma vaga no G-6 do Brasileirão, começaram o confronto com estratégias diferentes e foram os donos da casa que se saíram melhor nos 45 minutos iniciais. 

Numa boa trama pela esquerda, Rodrigo Lindoso aproveitou que estava livre na área e colocou a cabeça na bola. Cássio fez uma grande defesa e rebateu para o meio da área, o camisa 19 apareceu novamente e colocou a bola para o fundo das redes. Internacional na frente do placar e jogando a pressão para o lado alvinegro. 

Depois do gol, o Corinthians começou a se encontrar na partida, porém não conseguiu manter a mesma precisão que o Internacional nas chegadas ao ataque. Os donos da casa deram a bola para o Timão e saíram em velocidade com Yuri Alberto, Edenílson e Taison, porém ambos não tiveram muito sucesso na tentativas. 

Com mais posse de bola, o Corinthians empurrou o Internacional para o seu campo de defesa e sofreu para tentar furar o bloqueio colorado. Tentando sempre tabela entre Renato Augusto, Roger Guedes e Giuliano, a defesa gaúcha foi precisa para travar as finalizações do trio alvinegro. Lomba praticamente não trabalho nos primeiros 45 minutos. 

E O SEGUNDO TEMPO?

O segundo tempo foi mais movimentado no Beira-Rio. Sylvinho mexeu no time, colocou a equipe mais ofensiva e deu trabalho para o Internacional. Mesmo assim, foram os Colorados que chegaram com mais perigo no começo da etapa final, principalmente em jogadas com Yuri Alberto. 

Numa jogada pela esquerda, o atacante recebeu na área e bateu de primeira para carimbar a trave de Cássio. O atacante tentou pegar o rebote, mas não dominou e a bola saiu pela linha de fundo. 

O Corinthians foi crescendo no jogo e envolvendo o Internacional com algumas tabelas e aproximações no ataque. Numa delas, a jogada começou na esquerda com Renato Augusto, que tocou para Roger Guedes, que achou Gabriel Pereira,  o atacante partiu para cima da marcação, deu um lindo passe para Giuliano e o camisa 11 driblou Lomba e colocou a bola no fundo das redes.  1 a 1 e jogo empatado no Beira-Rio. 

Não demorou muito para que o Corinthians virasse a partida. No lance seguinte, o Timão partiu para cima pela esquerda e fez grande jogada. Renato Augusto tabelou com Roger Guedes, o camisa 123 invadiu a área e foi derrubado. O juiz marcou pênalto, Fábio Santos foi para a bola e bateu com categoria para fazer 2 a 1 e colocar o Timão na frente. 

O Corinthians conseguiu segurar o Internacional até aos 47 minutos do segundo tempo, porém o Colorado não desistiu do empate. Na primeira jogada de Gustavo Maia, o atacante arriscou de fora da área e acertou um lindo chute para deixar tudo igual no Beira-Rio. 2 a 2. 


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!