Sportbuzz
Testeira
Futebol / EITA!

Santos: após expulsão polêmica, esposa de Jean Mota revela ameaças de morte

Jean Mota ficou apenas dois minutos em campo e foi expulso em derrota do Santos no Brasileirão

Redação Publicado em 24/10/2021, às 13h03 - Atualizado às 13h24

Jean Mota recebeu ameaça de morte de torcedores do Santos - GettyImages
Jean Mota recebeu ameaça de morte de torcedores do Santos - GettyImages

No último sábado, 23, o Santos acabou saindo derrotado pelo América-MG e se complicou no Brasileirão. Com a derrota de 2 a 0, o Peixe se aproximou ainda mais da zona de rebaixamento e pode acabar a rodada na penúltima colocação do campeonato. Um dos personagens da derrota alvinegra doi Jean Mota, que acabou sendo expulso e ficando apenas dois minutos em campo.

 

Na oportunidade, o jogador começou o confronto no banco de reservas, porém Camacho sentiu dores e saiu no final do primeiro tempo. Carille optou pela entrada de Jean Mota e, no primeiro lance em que participou, o América-MG saiu no contra-ataque, Ademir ficou cara a cara com João Paulo e o meia derrubou o rival na área. O árbitro deu pênalti e expulsou o atleta. 

A expulsão de Jean Mota acabou gerando grande revolta por parte dos torcedores do Santos, que depois do jogo invadiram as redes sociais da esposa de Jean Mota e ameaçaram o seu marido de morte. Marianne Mota fez algumas publicações em seu Instagram e divulgou algumas falas pesadas de parte da torcida. 

Alguns torcedores o ameaçaram de morte, chamaram de "desgraçado" e também "lixo". A esposa de Jean Mota saiu em defesa de seu amado e escreveu: "o dia que alguém achar isso normal, legal...sério. Isso é surreal". 

CONFIRA O QUE DISSERAM OS TORCEDORES!

Crédito: Instagram / Torcedores ameaçam Jean Mota de morte
Crédito: Instagram / Torcedores ameaçam Jean Mota de morte

CARILLE EXPLICA JEAN MOTA NA PARTIDA!

Ainda quando o jogo estava 0 a 0, no final do primeiro tempo, Camacho acabou se lesionando e Fábio Carille o substituiu por Jean Mota. O meio-campista entrou e não ficou dois minutos em campo, pois derrubou Ademir na área, o árbitro marcou pênalti e expulsou o volante. O treinador explicou sua escolhar pelo meia e também analisou o lance. 

"Pela opção de propor mais jogo. O Jean já vinha jogando ali como um segundo volante, a ideia era colocar ele e o Zanocelo. O Balieiro já é um jogador mais tático, mais de destruir jogadas, não de construção. Pelo que o Jean já jogou ali, e vinha jogando durante o ano, essa foi a ideia, para ter uma criação melhor precisando do resultado", finalizou.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!