Sportbuzz
Testeira
Futebol / VISH!

Atlético-MG: Ricardo Oliveira faz revelação bombástica sobre Sampaoli

Ricardo Oliveira trabalhou com Jorge Sampaoli e contou que o treinador fez um pedido inusitado para que o centroavante fosse para o Atlético-MG

Redação Publicado em 19/11/2021, às 13h37 - Atualizado às 13h54

Ricardo Oliveira relembra relação com Jorge Sampaoli no Atlético-MG - GettyImages
Ricardo Oliveira relembra relação com Jorge Sampaoli no Atlético-MG - GettyImages

Ricardo Oliveira teve boas passagens por Atlético-MG e Santos, onde deixou a sua marca em muitas oportunidades. Durante a sua passagem pelo Galo, o centroavante recebeu um convite de Jorge Sampaoli para retornar ao Peixe, mas o pedido do treinador argentino foi inusitado e gerou uma grande revelação por parte do atleta de 41 anos de idade. 

Em entrevista para o podcast oficial do Santos, Ricardo Oliveira contou que Sampaoli pediu para ele brigar no Atlético-MG para conseguir o seu retorno ao clube da baixada. Enquanto isso, o centroavante respondeu que era profissional e que não iria deixar o Galo desta forma. Além disso, revelou que o argentino não deu muita atenção para ele quando estiveram juntos em Belo Horizonte. 

"Sampaoli me queria no Santos. Ele falou: 'briga aí para você vir'. Não posso brigar. Sou profissional. Não posso sair desse jeito. Não fui para o Santos por isso. Ele quis brigar. Quando ele foi para o Atlético, nem me permitiu treinar com o elenco. A palavra profissional tem que ser levada a sério, atingiu um nível diferente", afirmou o centroavante. 

RICARDO OLIVEIRA JÁ HAVIA COMENTADO SOBRE A SUA SAÍDA DO ATLÉTICO-MG!

No ano de 2020, o atacante Ricardo Oliveira viveu momentos não muito agradáveis com a camisa do Atlético-MG. Após a pausa no futebol brasileiro por conta da pandemia de coronavírus, o jogador foi informado de que não estaria mais nos planos para a temporada.

E a situação deixou Ricardo Oliveira bastante decepcionado. Após quase um ano depois do episódio, o atacante decidiu abrir o coração e relembrar a polêmica saída do Galo. Em entrevista ao jornalista Jorge Nicola, o artilheiro disparou críticas contra a antiga diretoria do clube.

 

"Eu fiquei muito decepcionado pela forma com que, não o jogador, porque o jogador é o seguinte: se você está produzindo, você vale alguma coisa; se você não está produzindo, não vale o jogador e não vale a pessoa. Há uma mistura. E como que separa? Quando cheguei em 2018, dei resultado, fui artilheiro do time no ano”, iniciou.

Em 2019, fui artilheiro do time junto com o Róger Guedes. Em 2020, o time teve muitas mudanças. Eu sou um cara muito sincero, eu sei quando estou devendo, eu dou a cara para bater, não fico dando voltinha, dando desculpa”, falou Ricardo Oliveira.

Além de falar sobre sua situação, Ricardo Oliveira também criticou bastante a organização do Atlético-MG. Segundo ele, o clube não vivia bom momento por conta das constantes mudanças de treinadores e diretores.

Infelizmente, em 2019 a gente já vinha sofrendo com muitas trocas de treinadores. Foram três treinadores. E teve as mudanças de diretor: primeiro o Alexandre Gallo, depois o Marques e o Rui Costa. Uma loucura, vem jogador, sai jogador. Em 2020, a gente começa o campeonato veio a pandemia”, contou Ricardo Oliveira, que emendou:

Não posso dizer que o clube estava uma bagunça, mas faltou organização. No primeiro ano, tive dois treinadores. No segundo ano, tive outros, vários diretores (...). Demonstra que falta organização ou planejamento. Não posso falar que estava uma bagunça, mas estava um pouco distante de ser organizado”.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!