Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » VISH!

Após polêmica em jogo do PSG, Neto aplaude atitude de Neymar e chama Jorge Jesus de "racista"

Durante o programa "Os donos da Bola", o apresentador não se mostrou feliz com a declarações do português

Redação Publicado em 09/12/2020, às 15h24 - Atualizado às 16h18

Neto em ação no progama "Os Donos da Bola"
Neto em ação no progama "Os Donos da Bola" - Transmissão Bandeirantes

Na última terça-feira, 8, o mundo do futebol viveu mais um péssimo episódio de racismo na partida entre PSG e Istanbul Basaksehir, pela Champions League. De acordo com as informações, o quarto árbitro da partida teria feito um insulto racista para o auxiliar técnico da equipe turca. 

Em resposta, os jogadores das duas equipes deixaram o gramado em protesto as falas do juiz. Depois do episódio, Neymar e Mbappé utilizaram suas redes sociais para se pronunciar sobre o tema e receberam os elogios de Neto, durante o programa "Os Donos da Bola". 

Nesta quarta-feira, 9, o apresentador da atração, foi elogioso aos craques do Paris Saint-Germain e também analisou o lamentável ato racista, que ocorreu na última rodada da fase de grupos da Champions League. 

"Parabéns ao Neymar. Parabéns ao Mbappé. Eu acho que daí começa a fluir determinadas coisas em relação a quem é racista. A gente tem um mundo racista. Nesse momento, a gente tem que aplaudir. Quem sabe os nossos filhos e netos possam usar da bondade de partir para cima desse Sebastien, de quem acha que não existe racismo. Pela primeira vez eu vejo o Neymar se pronunciando de uma maneira legal. É bonito, é legal ver", afirmou. 

Neto também criticou Jorge Jesus, que se posicionou sobre o caso e acabou dando uma declaração um tanto quanto polêmica. Em entrevista coletiva, nesta quarta-feira, 9, o português acabou afirmando: 

Não sei o que aconteceu, o que se falou, o que se diz, mas hoje está muito na moda isso do racismo. Como cidadão tenho direto de pensar à minha maneira e só posso ter uma opinião concreta se souber o que se disse naquele momento”, disse ele, que completou: 

“Porque hoje qualquer coisa que se possa dizer contra um negro é sempre sinal de racismo. A mesma coisa dita contra um branco já não é sinal de racismo. Está se implantando essa onda no mundo. Se calhar, até houve algum sinal de racismo com esse treinador, mas eu não sei o que disseram.”

Em resposta, o ídolo do Corinthians foi claro: "A entrevista do Jorge Jesus mostra o tanto que ele é racista. Algum branco foi vendido? Algum branco foi escravizado? Aí é um pensamento dele, e a gente tem que transformar numa outra visão, colocando as mulheres para trabalhar, os negros, os brancos, os japoneses, os bolivianos... Isso que a gente tem que fazer".


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!