Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / PESADO!

Após derrota para o Atlético-GO, árbitro relata ofensas de membro da comissão do Corinthians: "Ladrão, safado"

Corinthians perdeu por 2 a 0 para o Atlético-GO na Copa do Brasil e se complicou na competição

Redação Publicado em 04/06/2021, às 07h55

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Árbitro apitando fim da partida entre Corinthians e Atlético-GO - Transmissão Premiere
Árbitro apitando fim da partida entre Corinthians e Atlético-GO - Transmissão Premiere
Bráulio da Silva Machado, árbitro Fifa, não gostou em nada da atitude de um membro da comissão técnica do Corinthians durante a partida contra o Atlético-GO, pela Copa do Brasil, nesta quarta-feira, 2.
O juiz relatou na súmula do jogo que foi ofendido pelo observador técnico da equipe Alvinegra, o ex-jogador Mauroda Silva. Segundo o documento, Mauro teria abordado a equipe de arbitragem dentro da área mista do estádio corintiano depois do apito final contra o Atlético-GO.
Curiosamente, os dois já viveram um momento idêntico no Brasileirão de 2020, depois de um 0 a 0 do Corinthians contra o Fortaleza, no Castelão.
No texto escrito por Bráulio, o árbitro diz que "Sem máscara de proteção, aos gritos e com dedo em riste, proferiu as seguintes palavras à minha pessoa: 'Seu ladrão, safado, você sempre vem roubar o Corinthians, vou te esperar para te pegar lá fora'. Informo que me senti ofensivo e ameaçado", escreveu.
Isso se deve porque, a maior polêmica da partida aconteceu aos 17 minutos do segundo tempo, quando Fagner recebeu o segundo cartão amarelo por uma dividida com o atacante Roberto e foi advertido.
Depois do jogo, inclusive, o corintiano publicou uma foto de um corte em sua canela ironizando a decisão do árbitro.
Segundo o "Almanaque do Timão", Bráulio da Silva Machado já apitou nove partidas do Corinthians, com três vitórias, três derrotas e três empates.
Foram três partidas em 2020, todas pelo Brasileirão, sendo vitória por 3 a 1 contra o Coritiba em casa, derrota por 2 a 1 para o Fluminense no Rio de Janeiro e empate sem gols com o Fortaleza no Castelão.
No primeiro caso com o membro da comissão técnica do Corinthians, Bráulio também relatou ofensas de Mauro da Silva depois do jogo contra o Fortaleza.
Na oportunidade, o observador chamou o árbitro e seus auxiliares de "seus mau caráter (sic), desonestos, vocês não sabem nem o que estão apitando".
Naquela partida, o Timão reclamou de um pênalti não marcado em Gabriel e da expulsão do atacante . Mauro, na ocasião, foi julgado no STJD.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!