Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / PASSA NADA!

Adversário de Portugal, Marrocos tem a melhor defesa da Copa do Mundo

Apesar de ser apontada como a “zebra”, Marrocos carrega o título de ser a melhor defesa da Copa do Mundo 2022 entre as equipes restantes na competição

Redação Publicado em 08/12/2022, às 17h10

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Marrocos tem a melhor defesa da Copa do Mundo 2022 - Getty Images
Marrocos tem a melhor defesa da Copa do Mundo 2022 - Getty Images

A seleção de Marrocos volta a entrar em campo neste sábado para enfrentar Portugal em um jogo histórico, válido pelas quartas de finais da Copa do Mundo 2022. Mesmo sendo taxada como a “zebra” e a grande surpresa da competição, números indicam a razão do sucesso tão grande dessa equipe africana: a eficiência defensiva.

Levando em consideração as oito seleções que restaram nas quartas de finais, Marrocos é a melhor defesa entre elas. Em quatro jogos disputados, os marroquinos sofreram apenas um gol, contra o Canadá, já na terceira rodada da fase de grupos. A equipe sofreu aproximadamente 33 finalizações perto de sua meta, mas só passaram uma única vez.

Outro detalhe importante a ser destacado, o único gol sofrido por Marrocos na Copa do Mundo foi contra, ou seja, não foi uma finalização direta do adversário. Sendo assim, é possível afirmar que nenhuma seleção furou a defesa marroquina desde o início do trabalho Walid Regragui, no final de agosto deste ano.

O treinador ficou a frente da equipe em sete partidas, contado amistosos e jogos válidos pela Copa do Mundo 2022. Atualmente, o retrospecto de Regragui é muito positivo e conta com cinco vitórias e dois empates no comando de Marrocos.

Bounou junto com o treinador de Marrocos após a classificação (Crédito: Getty Images)
Bounou junto com o treinador de Marrocos após a classificação (Crédito: Getty Images)

Falando de destaque na defesa, é evidente que o nome de Yassine Bounou precisa ser citado. O goleiro foi o herói da classificação contra a Espanha e defendeu duas penalidades. “Eu senti, me concentrei e graças a Deus eu acertei o canto e peguei os pênaltis. Tem um pouco de feeling, de sorte. Não há muito que dizer, sabemos como são os pênaltis”, afirmou o arqueiro.


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!