Sportbuzz
Testeira
Futebol / COMO FICA?

Abel ouve pedido para ficar no Palmeiras e responde torcedor; confira

Abel deu a declaração sobre o seu futuro dentro do clube durante a festa de comemoração do título da Libertadores, conquistado pelo Palmeiras no última final de semana

Redação Publicado em 03/12/2021, às 07h28

Abel, treinador do Palmeiras de braços cruzados - GettyImages
Abel, treinador do Palmeiras de braços cruzados - GettyImages

Na noite desta quinta-feira, 2, aconteceu a festa de comemoração do título da Libertadores conquistado pelo Palmeiras no último sábado, 27. Comandante da equipe Alviverde nesta caminhada rumo ao tri, Abel foi até o palco da casa de eventos em São Paulo para discursar, mas antes que pudesse falar, ouviu um pedido daqueles que estavam presentes: "Fica!".

"Eu tenho contrato", disse Abel de forma bem simples, para evitar especulações, e principalmente esperança dos torcedores, antes de continuar seu discurso de agradecimento falando diretamente com a diretoria e também com os jogadores Alviverdes pela conquista do último final de semana em cima do Flamengo, em Montevidéu, no Uruguai.

Canal - SportBuzz

Vale lembrar que o comandante português tem contrato com o Palmeiras válido somente até o fim de 2022, mas depois de conquistar sua segunda Libertadores pelo clube paulista, disse ter chegado no seu limite físico e mental. Inclusive, por conta disso a diretoria optou por liberar o treinador do jogo contra o Cuiabá, onde seu auxiliar João Martins treinou a equipe.

Como sua família ainda vive em Portugal, a ideia de Abel é conversar com sua esposa e filhas para definir seu futuro. A mulher do treinador tem viajado com certa frequência para o Brasil, e durante esta semana foi junto com ele ao Santuário Nacional de Aparecida, que é considerado o maior templo mariano do mundo.

Abel, treinador do Palmeiras no campo durante treinamento (Crédito: GettyImages)

 

Justamente por conta dessa indecisão familiar que nesta semana ele já recusou uma proposta feita pelo Al-Nassr, da Arábia Saudita, que oferecia cerca de R$ 127 milhões por um contrato válido por dois anos e meio. Além deles, o empresário do técnico também recebeu sondagens de equipes dos Estados Unidos e do Besiktas, da Turquia.

Em meio a cautela de Abel, o Palmeiras segue desejando a permanência do treinador, e isso não é algo novo, vindo desde a gestão de Maurício Galiotte, que estava ao lado dele no palco, e pediu com as mãos para que os gritos de "fica" aumentassem, até a chegada de Leila Pereira, presidente eleita que assume o clube no próximo dia 15.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!