Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
NBA/Basquete / NÃO FOI DESSA VEZ

Após título dos Nuggets sobre o Heat, Spoelstra desabafa

Técnico do Miami Heat, Erik Spoelstra abriu o jogo sobre o Denver Nuggets e o título conquistado pela franquia no Jogo 5 das finais; confira as falas

Erik Spoelstra, técnico do Miami Heat - Getty Images
Erik Spoelstra, técnico do Miami Heat - Getty Images

Erik Spoelstra, que comanda o Miami Heat na NBA, lamentou o título do Denver Nuggets, que venceu a franquia da Flórida em cinco jogos nas finais. Na última segunda-feira, 12, Jokic e seus colegas levaram a melhor pelo placar de 94 a 89 e selaram o ciclo com chave de ouro após serem os melhores posicionados na Conferência Oeste durante a temporada regular.

“Não há arrependimentos de nossa parte, pois, algumas coisas, você simplesmente perde. Denver foi o melhor time de basquete da série. Então, o melhor venceu”, se conformou Spoelstra. “Eu ainda não sei quanto tempo vai demorar para ‘superar’ essa noite, mas foi a nossa atuação defensiva mais dura, ativa e competitiva da temporada. Ainda assim, não foi o bastante”.

O técnico ainda completou: “Nós precisamos tirar o chapéu para Denver. Eu já falei isso, mas vou reforçar: são um incrível time de basquete. Eles jogam da forma certa, competem em alto nível, são muito bem treinados e, por fim, levantaram uma forte cultura. Portanto, nesse ano, merecem ser os campeões. Eu não tenho dúvidas sobre isso”.

Bam Adebayo, que se mostrou decisivo ao longo da temporada, também fez seu desabafo em relação ao momento vivido pela equipe. “Se pudéssemos pegar a experiência dessa temporada, engarrafá-la e entregar um pouco para cada um, o resumo de tudo seria a nossa vontade. Foi, certamente, o ingrediente principal dessa jornada”, destacou o pivô.

Erik Spoelstra e Jimmy Butler, do Miami Heat
Erik Spoelstra e Jimmy Butler, do Miami Heat (Créditos: Getty Images)

“Esse é um dos times favoritos em que joguei em minha vida por causa disso. A vontade de vencer fez com que superássemos muitos altos e baixos”. Vale destacar que o Miami Heat chegou à grande decisão da liga após sobreviver pela repescagem (play-in), anteriormente com poucas chances de se classificar, até mesmo, aos playoffs deste ano.


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!