Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Outros Esportes » FÓRMULA 1

Hamilton, Vettel e Ricciardo lideram lista de maiores salários da Fórmula 1 em 2020; confira

Com heptacampeão no topo, levantamento aponta vencimentos dos pilotos da categoria em 2020

Redação Publicado em 25/11/2020, às 19h02

Hamilton, Vettel e Ricciardo lideram lista de salários da Fórmula 1 em 2020
Hamilton, Vettel e Ricciardo lideram lista de salários da Fórmula 1 em 2020 - GettyImages

Heptacampeão mundial de Fórmula 1, Lewis Hamilton é o piloto mais bem pago da categoria. De acordo com o levantamento do site Business Book GP, o inglês que corre pela Mercedes está no topo da lista, recebendo 47 milhões de euros (cerca de R$ 249,5 milhões) em 2020.

O alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, aparece em segundo lugar, com ganho de R$ 185,8 milhões no ano. Fecha o Top 3 o australiano Daniel Ricciardo, da Renault, com R$ 106,2 milhões. O holandês Max Verstappen, da RBR, e o finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes, são o quarto e quinto mais bem pagos, respectivamente.

Segundo o levantamento, o salário de Hamilton em 2020 corresponde à soma dos ganhos de 15 de seus 19 adversários da Fórmula 1. O piloto da Mercedes recebe 95,6 vezes mais que o menor salário da categoria, que é do italiano Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo), com vencimento de R$ 2,6 milhões. Na publicação não foram considerados os vencimentos com publicidade e bonificações.

Confira a lista:

Lewis Hamilton (Inglaterra), Mercedes - R$ 249,5 milhões

Sebastian Vettel (Alemanha), Ferrari – R$ 185,8 milhões

Daniel Ricciardo (Austrália), Ranault – R$ 106,2 milhões

Max Verstappen (Holanda), RBR – R$ 84,9 milhões

Valtteri Bottas (Finlândia), Mercedes – R$ 47,7 milhões

Charles Leclerc (Mônaco), Ferrari – R$ 47,7 milhões

Kimi Raikkonen (Finlândia), Alfa Romeo – R$ 31,8 milhões

Carlos Sainz Jr. (Espanha), McLaren – R$ 23,8 milhões

Sergio Pérez (México), Racing Point – R$ 21,2 milhões

Esteban Ocon (França), Renault – R$ 21,2 milhões

Romain Grosjean (França), Haas – R$ 10,6 milhões

Kevin Magnussen (Dinamarca), Hass – R$ 10,6 milhões

Alexander Albon (Tailândia), RBR – R$ 10,6 milhões

Lando Norris (Inglaterra), McLaren – R$ 7,9 milhões

Lance Stroll (Canadá), Racing Point – R$ 7,9 milhões

Pierre Gasly (França), AlphaTauri – R$ 5,3 milhões

Daniil Kvyat (Rússia), AlphaTauri – R$ 3,9 milhões

George Russell (Inglaterra), Williams – R$ 3,9 milhões

Nicholas Latifi (Canadá), Williams – R$ 3,9 milhões

Antonio Giovinazzi (Itália), Alfa Romeo – R$ 2,6 milhões

Crédito da lista: Globo Esporte


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!