Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » SUPERLIGA!

Uefa anuncia que não vai punir clubes fundadores da Superliga; saiba mais!

Superliga europeia não resistiu a uma semana e Uefa foi uma das entidades contra a criação do torneio

Redação Publicado em 23/04/2021, às 09h50

Uefa anuncia que não vai punir clubes fundadores da superliga
Uefa anuncia que não vai punir clubes fundadores da superliga - GettyImages
Depois de ser criada e encerrada em menos de uma semana, a Superliga europeia chegou ao fim e a Uefa, principal entidade futebolística da Europa, anunciou nesta sexta-feira, 23, que nenhum dos 12 clubes fundadores será punido pela atitude.
 
O presidente da entidade, AlexsanderCeferin disse no início da semana que o duelo entre RealMadrid e Chelsea, pelas semifinais da Champions League corria um pequeno risco de não acontecer.
 
No entanto, depois de uma reunião do comitê executivo nesta sexta-feira, essa hipótese foi descartada.
 

Superliga Europeia

 
A Superliga foi anunciada no último domingo, 18, como uma competição que iria substituir a Liga dos Campeões. No entanto, por conta da repercussão negativa e dos protestos da mídia, jogadores, torcedores e governos, o projeto acabou ruindo dois dias depois do anúncio.
 
A iniciativa, liderada por FlorentinoPérez, presidente do RealMadrid, tinha o aval financeiro do banco americano JPMorgan, que iria investir 3,5 bilhões de euros na competição.
 
Porém, junto com o anúncio da Uefa, a instituição financeira pediu desculpas por ter apoiado a Superliga.
 
"Nós claramente julgamos mal como este negócio seria visto pela comunidade futebolística em geral e como isso poderia impactá-los no futuro. Vamos aprender com isso", disse um representante do banco citado pela agência de notícias "Reuters".
 
Real Madrid, Barcelona, Atlético de Madrid, Inter de Milão, Juventus, Milan, Tottenham, Chelsea, Liverpool, Manchester City, Manchester United e Arsenalforam os 12 clubes fundadores da Superliga. Boa parte deles já desistiu da ideia e deixou o "Torneio".
 

Entidade tinha prometido punição

 
Na segunda-feira, 19, a Uefa havia publicado uma nota oficial sobre a possibilidade de punição desses times.
 

"A UEFA, a Federação Inglesa de Futebol e a Premier League, a Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) e a LaLiga, a Federação Italiana de Futebol (FIGC) e a Lega Serie A souberam que alguns clubes ingleses, espanhóis e italianos podem estar a planear o anúncio da criação de uma liga fechada, conhecida como Superliga Europeia", escreveu em nota. 

Deixando claro o apoio de algumas ligas ao seu lado, a Uefa deixou claro que pode proibir esses clubes da Superliga de participar de competições nacionais:"Conforme anunciado anteriormente pela FIFA e pelas seis Confederações, os clubes em questão serão proibidos de jogar em qualquer outra competição a nível nacional, europeu ou mundial, e os seus jogadores podem ser impedidos de representar as suas selecções nacionais".

Logo depois dessa manifestação da Uefa em relação a criação de um novo campeonato, foi divulgada uma carta pela "Associated Press". Nela, os clubes da Superliga afirmam que já acionaram a Justiça afim de impedir as punições citadas na nota acima. 

"Essas ameaças nos levaram a tomar medidas protetivas que nos protegerão de qualquer reação adversa, que poderiam não só atrapalhar os compromissos dos clubes fundadores mas que, acima de tudo, seria contra a lei"

"Por este motivo, a Superliga já entrou com ações judiciais nas instâncias relevantes para garantir que a nova competição possa ser estabelecida e inicie suas operações de acordo com todas as leis vigentes"

"A competição será jogada juntamente com as ligas domésticas e as competições continentais já existetes, que são peça-chave para o desenvolvimento do futebol europeu. Nós não queremos tomar o lugar da Champions League ou da Europa League, mas sim competir e existir ao lado desses torneios".


 

 

 
 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!