Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » RECORDAR É VIVER!

Thiago Neves quebra o silêncio sobre quase ida ao Atlético-MG: “Sampaoli me queria de qualquer jeito”

Meio-campista deu detalhes de como foi o processo de negociação com o clube mineiro

Redação Publicado em 11/12/2020, às 11h17

Thiago Neves, jogador do Sport
Thiago Neves, jogador do Sport - GettyImages

Logo após deixar o Cruzeiro, Thiago Neves teve seu nome como ‘praticamente certo’ com o Atlético-MG, maior rival da Raposa. Diante de tanta recusa por parte da torcida do Galo, a negociação foi cancelada.

Em uma recente entrevista para o ‘Canal do Rica Perrone’ na última quinta-feira, 10, o meio-campista do Sport, de 35 anos, deu detalhes de como tudo aconteceu, o que pegou muita gente de surpresa. Segundo o atleta, o desafio era totalmente do seu gosto. 

Eu tomei um susto (quando viu o número do Mattos ligando). Cheguei no Rio, me liga o Alexandre Mattos e aí eu falei: “Não é possível, mais uma loucura na minha vida”. Quando eu atendi, a primeira coisa que ele (Mattos) fala: “Quer ser campeão comigo?” (risos). Na hora, eu falei que sim, porque adoro essas loucuras. Já iria chegar lá falando um monte de besteira”, recordou ele. 

Ciente do risco que estaria correndo, o atleta disse que tinha certeza que seria mais um grande capítulo de sua carreira. 

Eu assinei, queria ir de todo jeito, pois eu gosto desses desafios, quando todo mundo fala mal. Igual foi no Flamengo, mesma coisa do Cruzeiro, que diziam que não dava mais pra mim e que eu não conseguiria jogar. Agora imagina, se eu chego no Atlético, é Campeão Brasileiro depois de sei lá quantos anos”, enfatizou. 

Por fim, ele contou como se deu o desfecho. Prezando pela segurança dele, a diretoria do Atlético e Jorge Sampaoli optaram por não dar continuidade ao processo de contratação. 

Ele (Mattos) me falava que o Sampaoli me queria de qualquer jeito e eu disse que estaria dentro, ainda mais agora com o estádio vazio, que ninguém ia poder lá me bater e me xingar (risos). Estou mais do que dentro, vamos pra confusão”,começou por dizer Thiago, que completou:

“Aí me liga o Sampaoli, a gente faz tudo que pediam, da forma que pediram, tudo bonitinho no papel, rabisquei e meti a caneta. Depois de 15 minutos, me ligam de volta e falam: “Deu ruim aqui, negócio complicou, não vai dar não. Estou indo pela segurança do Thiago e é melhor ele não vir”, relembrou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!