Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » ESPECIAL SPORTBUZZ!

Santos x Boca Juniors: Saiba o que mudou nas duas equipes desde a última Libertadores!

Partida entre Santos e Boca Juniors na Libertadores marca o reencontro das equipes desde a semifinal da última edição

Redação Publicado em 27/04/2021, às 09h11

Saiba o que mudou em Santos e Boca Juniors desde a última Libertadores
Saiba o que mudou em Santos e Boca Juniors desde a última Libertadores - GettyImages
Nesta terça-feira, 27, Santos e BocaJuniors se enfrentam pela Libertadores em um dos duelos mais emblemáticos da competição continental. Depois de começar a sua caminhada com uma derrota, a equipe da baixada quer se reerguer diante de um adversário difícil.
 
 
 
 
A partida, que acontece no La Bombonera às 21h30 (horário de Brasília), vai marcar o reencontro dos times que se enfrentaram pela semifinal da última edição do torneio continental.
 
Na oportunidade, o Santos estava vivendo um excelente momento e não teve dificuldades para vencer a equipe argentina e ficar com a vaga na finalíssima. A partida de ida, que aconteceu no La Bombonera, terminou empatada por 0 a 0.
 
Porém, no jogo de volta, na Vila Belmiro, o Alvinegro não poupou o adversário e atropelou o Boca Juniors por 3 a 0, com gols marcados por Pituca, Soteldo e LucasBraga
 
Exatos 104 dias se passaram desde a vitória do Santos sobre o Boca Juniors na Vila Belmiro e o duelo desta terça-feira, pela fase de grupos da Libertadores.
 
Desde o acontecido, uma série de mudanças aconteceram no elenco das duas equipes, que vão de mudança de treinador, venda de jogadores e atletas lesionados. Por isso, para deixar o confronto ainda mais emocionante, o SportBuzz te conta aqui o que mudou de lá para cá nas equipes. Confira:
 

Santos

 

Atletas que deixaram o time

 
Quando falamos dos jogadores, o Santos perdeu peças fundamentais para o time. O zagueiro Lucas Veríssimo e o volante Pituca foram negociados com o Benfica e KashimaAntlers, respectivamente, logo após o final da temporada.
 
Além disso, recentemente o atacante Soteldo foi vendido ao TorontoFC, desfalcando ainda mais a equipe. 
 

Proibição na Fifa

 
Justamente por conta do caso de Soteldo, o Santos estava proibido de fazer contratações desde o ano passado, o que complicou ainda mais a vida do Alvinegro praiano, que não pôde repor nenhuma das saídas.
 
Mas com a venda do venezuelano, o clube da Vila Belmiro recebeu a liberação da Fifa para voltar a registrar jogadores apenas na última semana, quando repassou o valor da venda de Soteldo ao Huachipato, saldando a dívida que causou o transfer ban. 
 

Troca de treinadores

 
Cuca, que foi quem comandando o Santos na campanha da Libertadores passada e deixou o clube após a 37ª rodada do Campeonato Brasileiro.
 
Depois de uma série de conversas e negociações, a gestão de AndresRueda optou pela contratação de Ariel Holan, que chegou ao Peixe com um contrato de três anos.
 
No entanto, a passagem de Holan pelo Santos também teve um fim precoce. Com os resultados ruins e uma forte pressão da torcida, o técnico argentino pediu demissão do Peixe nesta segunda-feira, 27.
 
O presidente do Santos contou que além dos resultados, o treinador não gostou nada de saber que rojões foram estourados do lado de fora do apartamento dele. Agora sem Holan, o auxiliar Marcelo Fernandes comandará o time na partida desta terça. 
 

Boca Juniors

 

Troca de goleiro

 
Andrada, que estava vivendo sua melhor fase, sendo pedido até na seleção, cometeu muitos erros no último mês e precisou ser substituído por AgustínRossi.
 
Além disso, o goleiro teve contato com um infectado de coronavírus e acabou perdendo a titularidade até que se recuperasse. Agora que ele voltou a ter condições de jogo, o técnico Miguel ÁngelRusso pode devolver a titularidade.
 

Falhas na defesa

 
O 3 a 0 para o Santos foi o único momento de fraqueza da defesa xeneize, que segue sendo o ponto mais forte da equipe. A dupla Licha López e CáliIzquerdoz é a mais firme da Argentina, mas também falha na saída de jogo.
 
Os jogadores, inclusive, são os mesmos das semifinais, mas as laterais chegam com mudanças para o jogo de hoje. Com Jara na direita, que tem sido escolhido para o lugar de Buffarini, que anda dividindo opiniões, o time busca uma melhor atuação.
 
Outra possibilidade na posição é o uso do volante improvisado Capaldo. Na esquerda, Fabra segue cumprindo suspensão pelo pisão que deu em Marinho e seu lugar seria ocupado por Más, que é dúvida por conta de lesão. Dessa forma, é mais provável que o atleta da base, de apenas 20 anos, Agustín Sandez, seja escalado.
 

Garotos aproveitando a oportunidade

 
Medina, Varela e Almendra são hoje os titulares e nenhum deles atuou sequer como reserva na Vila. Os jogadores são jovens da base e estão aproveitando bem a chance aproveitando um futebol combativo e dinâmico.
 
Além da posição, a idade do trio chama a atenção, isso porque Varela tem 18 anos; Medina, 19, e Almendra, 21.
 

Carlitos permanece intocável

 
Carlitos Tevez continua na equipe, mas longe da estar na sua melhor fase. A entrada dos garotos no meio deu um novo fôlego ao craque, mas em algumas oportunidades ele mostra que na questão física, seu auge ficou para trás.
 
Para compensar, ele aposta na raça e nas divididas violentas. Pela esquerda hoje, o melhor jogador do Boca é o colombiano Villa, rápido e considerado como um verdadeiro craque.
 
Na direita existe a dúvida entre Obando, que tem apenas 21 anos e Soldano, um atacante combativo, mas que só marcou um gol em 9 partidas na temporada.
 

A escalação

 
Na antiga decisão, o Boca titular foi no 4-4-2, com Andrada; Jara, López, Izquierdoz e Fabra; Campuzano, González, Salvio e Villa; Tevez e Soldano.
 
Para hoje, o time aposta em um 4-3-3, com Rossi; Capaldo (Buffarini), López, Izquierdoz e Sandez (Buffarini); Medina, Varela e Almendra; Villa, Tevez e Soldano (Obando). 
 
Dos jogadores titulares da semifinal, as ausências são Fabra, que está suspenso; Campuzano, com coronavírus; e González e Salvio, que se recuperam de lesões. 
 

Santos

 
Já o Santos entrou com João Paulo, Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Sandry (Lucas Braga); Marinho, Soteldo e Kaio Jorge para a semifinal do ano passado.
 
Desta vez, deve contar com João Paulo, Pará, Kaiky, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Balieiro e Pirani (Kaio Jorge); Marinho, Braga (Ângelo) e Marcos Leonardo.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!