Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » DIRETO E RETO!

Rogério Ceni quebra o silêncio sobre possível caso de racismo com Gerson: “Eu lamento muito”

Comandante do Flamengo revelou que conversou com o atleta após o apito final do jogo

Redação Publicado em 20/12/2020, às 20h33

Rogério Ceni, treinador do Flamengo
Rogério Ceni, treinador do Flamengo - GettyImages

Em coletiva, Rogério Ceni comentou sobre o possível caso de racismo envolvendo o atleta Gerson e o atacante do Bahia, Ramírez. 

De acordo com o comandante, houve uma conversa entre eles e Ceni deixou claro o quanto ficou consternado com a situação, a classificando como ‘lamentável’. 

"Eu conversei agora com o Gerson, ouvindo da parte dele o que o Ramirez falou para ele. Eu acho que é lamentável, o Brasil é um país que abre para muita gente, principalmente para o sul-americano. Eu lamento muito ele relatar cala boca, negro. Acho pesado demais”, disse ele. 

Ainda no assunto, o treinador deixou claro que a atitude do jogador sul-americano fez com que ele demonstrasse um nível baixíssimo diante dos demais envolvidos no jogo. 

"O racismo não está só nisso, na cor. Está na camisa que você veste, esta dentro de você. Flamengo é uma torcida gigantesca, é a maior do mundo, o respeito não pode faltar dentro de campo. Atacar um ser humano dessa maneira eu acho de um nível muito baixo”, finalizou. 

Seguindo a mesma linha de raciocínio, o Flamengo publicou um comunicado nas redes sociais e enfatizou o quanto é contra atos racistas. 

"O Clube de Regatas do Flamengo repudia veementemente o episódio lamentável ocorrido na partida deste domingo com o atleta Gerson, que foi vítima de injúria racial. O racismo desumaniza, fere e mata. O racismo é inadmissível. Exigimos profunda apuração do fato", dizia a nota. 


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!