Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » CAMPEONATO BRASILEIRO

Procuradoria do STJD denuncia jogadores envolvidos em pancadaria em Athletico-PR x Fluminense, pelo Brasileirão sub-17

Nove atletas foram denunciados e jogadores do Furacão podem pegar até 36 jogos de suspensão

Redação Publicado em 02/02/2021, às 12h11

Procuradoria do STJD denuncia jogadores envolvidos em pancadaria em Athletico-PR x Fluminense, pelo Brasileirão sub-17
Procuradoria do STJD denuncia jogadores envolvidos em pancadaria em Athletico-PR x Fluminense, pelo Brasileirão sub-17 - Transmissão SporTV

Os envolvidos na confusão generalizada em Athletico-PR x Fluminense, na final do Campeonato Brasileiro sub-17, foram denunciados pela Procuradoria do STJD, conforme publicado no site da entidade nesta segunda-feira, 01.

A pancadaria ocorreu nos últimos minutos da decisão que deu o título ao Flu (vitória por 2 a 1). As imagens da partida disputada em 21 de dezembro do ano passado, na Arena da Baixada, flagram João Gabriel Miquelim, do Athletico, aplicando uma voadora no rosto de João Neto, do Fluminense. Ainda caído, o atleta tricolor recebeu chutes de Vinicius Amaral.

A denúncia foi inicialmente noticiada pelo site “Saudações Tricolores”. Segundo o STJD, a sessão de instrução e julgamento será realizada na próxima sexta-feira, 05, às 10h (de Brasília), via videoconferência.

A entidade denunciou Ataíde, João Gabriel Miquelim, Renan, Vinicius Amaral e Vitor do Carmo, do Furacão, e Alexsander, Eduardo, Metinho e João Neto, do Tricolor. Além dos nove jogadores, o Fluminense será julgado na mesma sessão, mas por conta do atraso na volta do intervalo.

João Gabriel Miquelim e Vinicius Amaral foram denunciados três vezes por praticarem agressão física e podem pegar até 36 jogos de suspensão. Ataide e Vitor do Carmo foram denunciados uma vez, pelo mesmo motivo, e o gancho pode ser de 12 jogos. Renan foi denunciado por conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva).

Pelo Fluminense, Aleksander, Eduardo e João Neto foram denunciados por praticarem agressão física, e Metinho por conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva). Pelo atraso na volta do intervalo, o Flu terá que responder pelo Artigo 206 (atraso do início da realização de partida).


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!