Sportbuzz
Testeira
Futebol / SUL-AMERICANA!

Não deu! Peñarol goleia em Montevidéu e Corinthians é eliminado da Sul-Americana

Peñarol conseguiu construir o placar em cima do time B do Corinthians com facilidade na Sul-Americana

Redação Publicado em 14/05/2021, às 06h20 - Atualizado às 06h21

Peñarol goleia o Corinthians na Sul-Americana e elimina o adversário - GettyImages
Peñarol goleia o Corinthians na Sul-Americana e elimina o adversário - GettyImages
A noite desta quinta-feira, 13, foi para os torcedores do Corinthians esquecerem. A equipe entrou em campo em Montevidéu diante do Peñarol e a situação que já estava complicada na Sul-Americana tomou o pior dos rumos que se poderia tomar: a eliminação.
 
 
O Corinthians não tem mais chances de se classificar às oitavas de final da Sul-Americana. Com duas rodadas de antecedência, o time B de Vagner Mancini, cheio de reservas, foi goleado por 4 a 0 pelo Peñarol.
 
Como apenas o líder do Grupo E se classifica, e o Timão não pode mais alcançar o rival uruguaio, que tem boas chances de avançar, a eliminação não pôde ser evitada após o apito final.
 
O garoto Álvarez Martínez, de apenas 19 anos, foi o nome do jogo marcando três gols, enquanto Canobbio marcou o outro.
 
Sendo o primeiro brasileiro eliminado na atual edição da Sul-Americana, o Corinthians agora volta suas atenções para a semifinal do Campeonato Paulista e vai apenas cumprir tabela contra Sport Huancayo e River Plate, do Paraguai, nas duas rodadas finais da competição.
 
Com a vitória com direito a goleada, o Peñarol foi a 12 pontos e só precisa de um empate contra o River Plate, do Paraguai, na próxima rodada para avançar às oitavas. O River é o segundo colocado, com sete pontos depois de ter vencido o Sport Huancayo, e o Corinthians fica em terceiro, com quatro.
 
Confira como as equipes entraram em campo para a partida:
 

Escalações

O jogo

 

Primeiro tempo

 
Entrando com o time B, o Corinthians foi completamente dominado pelo Peñarol nos primeiros 30 minutos de partida. Os uruguaios chegaram ao primeiro gol logo no início, com Álvarez Martínez, em cabeçada que Cássio defendeu já dentro do gol, de acordo com a arbitragem, mesmo que o lance tenha gerado dúvidas.
 
Tendo um meio-campo mais pesado, com Xavier, Camacho e Roni juntos, o Timão perdeu poder de criação e também de marcação, deixando Facundo Torres tomar conta do setor pelo lado do Peñarol.
 
O time da casa teve boas chances, marcou mais uma vez com Álvarez Martínez e quase fez mais, sempre com Torres, que tentou um gol por cobertura, acertou chute rasteiro na trave e depois quase surpreendeu Cássio finalizando de fora da área.
 
O Corinthians só foi levar perigo nos minutos finais, primeiro em um chute cruzado de Gustavo Mosquito, e na sequência em uma infiltração de Roni e arremate que raspou no travessão. 
 

Segundo tempo

 
Na volta do intervalo, parecia que o Corinthians não tinha o gás de um time prestes a ser eliminado e continuou sendo dominado pelos donos da casa.
 
Sem qualquer intensidade, viu o experiente volante Walter Gargano puxar o contra-ataque após escanteio cobrado pelo Timão e fazer a bola chegar até Canobbio, que anotou o terceiro gol do Peñarol.
 
Mancini, que havia colocado Otero na vaga de Xavier no intervalo, viu seu time ainda mais exposto e com a mesma falta de criatividade, levando perigo apenas em esporádicos chutes de longe.
 
, que foi um dos piores em campo, foi substituído por Léo Natel, mas o cenário ofensivo não mudou. Já na defesa, uma linha de impedimento mal feita deixou Álvarez Martínez livre para fazer o terceiro dele, e quarto do Peñarol, na partida. 
 

Próximos compromissos

 
Agora, o Corinthians espera pela definição de seu adversário na semifinal do Campeonato Paulista para saber quem receberá na Neo Química Arena, provavelmente no domingo, 16.
 
Pela Sul-Americana, apenas para cumprir tabela, o Timão recebe o Sport Huancayo na próxima quinta-feira, 20, às 21h30 (horário de Brasília), também em Itaquera.

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!