Sportbuzz
Testeira
Futebol / ELIMINATÓRIAS

Neymar e Raphinha brilham, Brasil joga bem e atropela Uruguai nas Eliminatórias

Seleção domina partida contra uruguaios, que saem da zona de classificação para a Copa; Gabigol também marca para o Brasil

Redação Publicado em 14/10/2021, às 23h27 - Atualizado às 23h28

Neymar e Raphinha brilham, Brasil joga bem e goleia Uruguai, que se complica nas Eliminatórias - GettyImages
Neymar e Raphinha brilham, Brasil joga bem e goleia Uruguai, que se complica nas Eliminatórias - GettyImages

O Brasil goleou o Uruguai por 4 a 1 nesta quinta-feira, 14, na Arena da Amazônia, pela 12ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo. Na melhor partida da seleção no torneio classificatório para o Mundial do Catar, Neymar, Gabigol e Raphinha, duas vezes, marcaram os gols brasileiros. Em bela cobrança de falta, Suárez descontou para os uruguaios.

Líder isolada, a seleção comandada pelo técnico Tite chegou aos 31 pontos, com seis de vantagem para a vice-líder Argentina. Já o Uruguai estacionou nos 16 pontos e caiu para a quinta colocação, posição de repescagem para o Mundial de 2022.

Com o resultado, a Seleção Brasileira manteve a invencibilidade de 20 anos contra o Uruguai. A última derrota foi em julho de 2001, pelas Eliminatórias da Copa de 2002. No período, foram 12 jogos, sendo sete vitórias e cinco empates.

As seleções voltam a campo no dia 11 de novembro, em horário a ser definido, pela 13ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas. A Seleção Brasileira recebe a Colômbia, enquanto a Seleção Uruguaia enfrenta a Argentina, em casa.

O JOGO

Neymar exigiu a boa defesa de Muslera logo no segundo minuto de partida, com uma bomba pela esquerda. Buscando o jogo, o camisa 10 abriu o placar aos nove minutos. Após belo passe de Fred, Neymar dominou no peito dentro da área, tirou do goleiro e bateu, praticamente sem ângulo, para marcar: 1 a 0.

Melhor na partida, o Brasil ampliou aos 17 minutos, com gol de Raphinha, que fez sua estreia como titular. Em bela jogada, Paquetá cruzou rasteiro para Neymar, que dominou dentro da área e chutou. A bola desviou em Godín e Raphinha apareceu pela direita para completar: 2 a 0. Até este momento, o Brasil finalizou quatro vezes, sendo três chutes de Neymar, enquanto os uruguaios não deram trabalho aos brasileiros.

Na primeira chegada do Uruguai, aos 23 minutos, De La Cruz arriscou de fora da área e mandou fraco à esquerda de Ederson.

Aos 33 minutos, Gabriel Jesus recebeu um ótimo passe de Alex Sandro dentro da área, dominou e tentou finalizar na saída de Muslera. Sem espaço, o camisa 9 tocou para Raphinha, recebeu de volta e foi desarmado.

Na principal chance do Uruguai na primeira etapa, aos 34 minutos, Betancur carregou a bola, bateu da estrada da área e mandou muito perto da trave de Ederson.

O Brasil exigiu duas boas defesas de Muslera na sequência. Em jogada com Raphinha, Neymar dominou a bola dentro da área, puxou para a canhota e finalizou para a defesa do goleiro. Aos 39 minutos, Emerson lançou Raphinha, que cortou para o meio, venceu Godín e bateu forte. O goleiro Ederson fez sua primeira defesa aos 43 minutos, em cabeceio de Vecino após cobrança de falta.

No fim da primeira etapa, aos 47, Gabriel Jesus perdeu outra boa chance após corte para o meio de Neymar. O camisa 9 chutou colocado, mas para fora.

Foi um domínio da seleção brasileira no primeiro tempo. A equipe comandada por Tite teve 59% de posse de bola, nove finalizações contra três, sendo 6 a 1 no alvo.

O Brasil voltou no mesmo ritmo para o segundo tempo. Logo no primeiro minuto, Raphinha recebeu o passe em profundidade de Neymar na direita e dividiu com Muslera. O lance foi anulado por impedimento. Como resposta, Valverde mandou uma bomba da intermediária e Ederson, com tranquilidade, fez a boa defesa.

Em mais uma boa chance, aos três minutos do segundo tempo, Gabriel Jesus recebeu a bola pela esquerda e bateu firme. Muslera espalmou. Depois, aos cinco, o camisa 9 ficou com o passe de Neymar e chutou, o goleiro espalmou novamente. No ataque seguinte, o arqueiro evitou o gol de Raphinha, que foi acionado por Emerson.

O Uruguai chegou a balançar a rede, aos 10 minutos, mas o gol de Cavani foi anulado por impedimento.

O Brasil ampliou o placar aos 12 minutos, com mais um gol de Raphinha. Após passe de Gabriel Jesus, Neymar tocou de primeira para o atacante do Leeds soltar uma bomba na área: 3 a 0.

Suárez diminuiu o placar para o Uruguai aos 31 minutos. O atacante cobrou a falta e mandou um golaço no canto esquerdo de Ederson: 3 a 1.

Gabigol, que entrou no lugar de Gabriel Jesus, confirmou a goleada do Brasil aos 39 minutos. Após cruzamento de Neymar, o atacante do Flamengo testou para o gol. A princípio, a arbitragem marcou o impedimento, mas o VAR confirmou o gol minutos depois: 4 a 1.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!