Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / COPA DO MUNDO

Musa da Copa de 2010, Larissa Riquelme diz: “Ninguém como eu”

Larissa Riquelme, modelo paraguaia e musa da Copa de 2010, afirmou que as ‘novatas’ dos Mundiais não conseguiram o mesmo feito dela

Redação Publicado em 08/12/2022, às 12h32 - Atualizado às 12h46

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Musa da Copa de 2010, Larissa Riquelme diz: “Ninguém como eu” - GettyImages
Musa da Copa de 2010, Larissa Riquelme diz: “Ninguém como eu” - GettyImages

A modelo paraguaia Larissa Riquelme, musa da Copa do Mundo de 2010, abriu o jogo sobre as ‘novatas’ no Mundial de 2022, no Catar. Sensação do torneio da África do Sul, ela afirmou que é difícil a ser batida por outras musas

Larissa fez sucesso depois de ser flagrada nas arquibancadas torcendo pela seleção paraguaia. Em uma das imagens viralizadas, ela foi vista com um celular entre os seios. A modelo afirma que até hoje não entende o motivo de ter conseguido tanta fama por algo inusitado.

Não estava querendo fama, eu estava no momento certo e no lugar exato com uma varinha mágica”, disse em entrevista ao ‘Notícias da TV’.

“Foi algo histórico. Uma pena que perdi [o celular] no Rio de Janeiro. Eu não saberia dizer [quem seria a nova musa]. Acredito que ninguém conseguiu tanto reconhecimento mundial como eu até hoje”, completou a modelo, relembrando o assalto que sofreu em dezembro daquele ano.

Depois de 12 anos e outras três edições de Copa do Mundo, ela ainda é lembrada pelos torcedores. Hoje ela trabalha como influenciadora, radialista e modelo; Larissa ainda é embaixadora do parque Itaipuland, em Foz do Iguaçu.

“Sou muito grata pelas minhas conquistas, pude dar uma vida digna aos meus pais e realizar meus sonhos”, disse ela, que também ficou famosa como apresentadora de TV em seu país.

Sem o Paraguai na Copa do Mundo do Catar, Larissa declarou torcida para outros sul-americanos no Mundial: “Todos sabem do meu amor pelo Brasil, mas também gosto muito da Argentina”.


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!