Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » DESABAFO

Mãe de Eliza Samúdio desabafa sobre goleiro Bruno: "Ele estar perto de mim é apavorante. Estou com medo"

Sonia Samúdio teme que o jogador seja contratado por um clube perto de sua cidade

Mariana Millan Publicado em 22/01/2020, às 18h10

Mãe de Eliza Samúdio teme pela segurança do neto
Mãe de Eliza Samúdio teme pela segurança do neto - Getty Images

Sonia Samúdio, mãe de Eliza Samúdio, deu uma entrevista exclusiva na tarde desta quarta-feira, 22, ao programa A Tarde É Sua, da Rede TV!

Por telefone, ela desabafou sobre a possibilidade do goleiro Bruno, condenado pelo assassinato de sua filha, jogar no Clube Esportivo Operário Várzea-Grandense, de Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá.

O temor de Sonia é que, dessa forma, o atleta fique perto da casa onde mora com o neto, Bruninho, de 9 anos.

"Ele estar perto de mim é apavorante. Estou com medo. Eu não teria coragem de deixar o Bruninho com ele a sós", afirmou ela.

Em seguida, Sonia falou sobre o que acha que deveria ser feito com Bruno. "Ele deveria estar ao menos com uma tornozeleira eletrônica, pois está cumprindo a pena em (regime) semiaberto. Ele tem vida normal, mas baseado em que esse juiz deixa o Bruno passear? Que órgão fiscaliza a hora que ele se recolhe?", questionou ela.

Recentemente, em entrevista ao site Yahoo, Sonia também se posicionou sobre a série da Globo que pretende contar a história do jogador. 

A produção irá relembrar a tragédia que aconteceu em 2010, quando o até então craque do Flamengo mandou matar Eliza.
 
"É de extrema crueldade e mau gosto. Não vou aceitar que a vida da minha filha seja exposta com base no que o Bruno falou, a história que o livro conta é mentirosa. A imagem da Eliza foi denegrida”, afirmou ela.
 
“As escolhas da vida dela eram problema dela. O Bruno difamou a Eliza tentando justificar algo que não tem justificativa, um crime bárbaro. Eles esqueceram que a Eliza tem um filho. Eles não pensam que existe uma criança que pode ter o psicológico afetado? Vão dar assistência? Bruninho pode sofrer bullying amanhã ou depois. As pessoas não têm empatia pela dor e sofrimento do próximo”, desabafou.
 
Extremamente chateada com a situação, Sônia garante que fará o que estiver ao seu alcance para impedir que a séria seja feita. 
 
"Com a minha autorização não vão fazer. Se for necessário, entrarei na Justiça para barrar, vou fazer de tudo. Sou humilde e sei que não tenho poder aquisitivo para brigar de igual para igual com a Globo, mas vou tentar. Tem muita gente que defende ele. Dizem que minha filha é culpada por ter engravidado, culpada por ter sido morta. Meu neto não teve o direito de passar o primeiro ano de vida com a mãe. Isso as pessoas esquecem, mas não foi ela quem matou alguém”.

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!