Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » VISH!

Eurocopa: De Bruyne e Hazard não devem jogar contra Itália; Mancini lamenta

Hazard e De Bruyne estão lesionados e não devem reforçar a Bélgica contra a Itália na Eurocopa

Redação Publicado em 01/07/2021, às 14h39 - Atualizado às 14h56

Hazard e De Bruyne não vão estar disponíveis para confronto da Bélgica contra Itália de Roberto Mancini
Hazard e De Bruyne não vão estar disponíveis para confronto da Bélgica contra Itália de Roberto Mancini - GettyImages

Nesta sexta-feira, 2, às 16h, a Itália enfrenta a Bélgica pelas quartas de final e os adversários da seleção de Roberto Mancini não terão uma dupla de peso para o jogo. Isso porque, Hazard e De Bruyne não devem entrar em campo para tentar colocar o seu país nas semifinais da Eurocopa

 

Na manhã desta quinta-feira, 1, a dupla não treinou novamente com o restante do elenco e deu indícios de que não estará disponível para Roberto Martínez no confronto contra a Itália. Vale lembrar, que De Bruyne sofreu uma lesão no tornozelo, enquanto Hazard sentiu dores na coxa e acabou também deixando os gramados na classificação diante de Portugal

Mesmo sem ter certeza de que os craques de Manchester City e Real Madrid estarão realmente de fora da partida, Roberto Mancini lamentou a ausência dos dois. Muitos esperavam que o treinador da Itália fosse comemorar o desfalque de Kevin De Bruyne e Eden Hazard, mas o italiano surpreendeu e explicou a reação inusitada. 

"Eles estão se preparando para um grande jogo, como nós estamos. A Bélgica é um time brilhante, líder do ranking da Fifa há três anos, está jogando bem. Acho que para os espectadores seria bom vê-los com força total, e esperamos que todos possam estar prontos. É claro que assim eles podem nos causar mais problemas. Mas isso é o futebol, o bonito é ver todos em campo", afirmou em entrevista coletiva.

Roberto Mancini também concluiu seu pensamento enaltecendo a qualidade da Bélgica e citou como exemplo o jogo das oitavas de final da Itália contra a Áustria: "Nós sabíamos das dificuldades que eles poderiam criar para nós. Foi também a primeira prorrogação, para os rapazes foi importante. Sofremos, sem dúvida, mas acertamos 26 chutes a gol. Vencemos merecidamente. Nesta Euro não há jogos simples. Foram eliminados França, Holanda e Portugal".


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!