Sportbuzz
Testeira
Futebol / FELICIDADE!

Elemento surpresea de Abel Ferreira na Libertadores, Mayke comemora

Mayke foi um dos grandes destaques da final da Libertadores, quando o Palmeiras venceu o Flamengo; Abel Ferreira acreditou no lateral para a decisão

Redação Publicado em 28/11/2021, às 10h35 - Atualizado às 11h07

Mayke comemora título da Libertadores pelo Palmeiras - Cesar Greco / Palmeiras
Mayke comemora título da Libertadores pelo Palmeiras - Cesar Greco / Palmeiras
O lateral direito Mayke sagrou-se bicampeão da Libertadores da América, na tarde do último sábado, 27, após o Palmeiras vencer o Flamengo, por 2 a 1, no estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai. O título também significou o tricampeonato do Palestra na competição, o primeiro em 1999, o segundo em 2020/21 e o terceiro em 2021.
 
Os gols do Verdão foram anotados por Raphael Veiga com uma assistência do Mayke ainda no primeiro tempo, e Deyverson, na prorrogação. O Flamengo anotou com Gabriel, na segunda etapa. Depois da partida, em declaração, o lateral do Palmeiras comentou sobre a partida, já que assumiu o lugar de Marcos Rocha.
 
 
É uma emoção indescritível. Foi um ano de superação em todos os sentidos, mas me preparei muito para esse momento. Para ser campeão, precisa saber ser campeão, ninguém ganha por acaso. Tive apoio de todos os departamentos do clube, da minha família, do meu empresário. É esse contexto e essa estrutura que tornam as pessoas mais fortes. Quanto ao jogo, o time esteve muito bem em campo. Sabíamos que seria um desafio muito difícil. Estou muito feliz por ter participado da jogada do primeiro gol, mas o mais importante foi ter conquistado esse título tão importante para todos”, vibrou Mayke.  
 
Mayke conquistou o seu segundo título da Libertadores com clube Alviverde. O primeiro veio em 2020. No Palmeiras desde 2017, também foi campeão Paulista, da Copa do Brasil e da Florida Cup no ano passado, e do Campeonato Brasileiro, em 2018, quando recebeu o prêmio Bola de Prata.

SAIBA COMO FOI A FINAL!

O Palmeiras fez história na Libertadores. Com um herói improvável, o Verdão contou com uma falha de Andreas Pereira e a estrela de Deyverson para vencer o Flamengo na final da Libertadores. Com o placar de 2 a 1, feito no início da prorrogação, o Palestra venceu pela terceira vez consecutiva o torneio continental. 

A equipe de Abel Ferreira começou a partida pressionando e fez uma grande primeiro tempo. Raphael Veiga abriu o placar logo aos cinco minutos e deixou o Flamengo em situação complicada na partida. No segundo tempo, os cariocas melhoraram e conseguiram o empate com Gabigol. Na prorrogação, Andreas Pereira falhou, Deyverson aproveitou e deu o título ao Verdão.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!