Sportbuzz
Testeira
Futebol / EITA!

Dirigente do Barcelona faz revelação bombástica sobre saída de Messi

Vice-presidente de finanças do Barcelona comentou o motivo por Messi ter deixado o clube

Redação Publicado em 22/09/2021, às 16h14 - Atualizado às 16h27

Vice de finanças do Barcelona abriu o jogo sobre saída de Messi - GettyImages
Vice de finanças do Barcelona abriu o jogo sobre saída de Messi - GettyImages

A saída de Lionel Messi do Barcelona ainda não foi muito bem digerida pelo torcedor culé. O ex-camisa 10 do clube é considerado o maior jogador da história da equipe catalã e a sua ida para o PSG deixou boa parte da torcida revoltada com a perda de seu principal atleta. No entanto, em entrevista ao diário "Sport", um dirigente do Barça revelou o real motivo da não renovação.

Não é novidade para ninguém que o Barcelona está vivendo um momento financeiro conturbado em sua história. Com uma dívida bilionária e precisando economizar, o clube precisou fazer cortes, mas estava disposto a tudo para contar com Lionel Messi. Mesmo assim, com a falta de dinheiro para ter um elenco competitivo, a única saída foi a liberação do argentino. 

"Era uma operação (Messi ficar) que como clube a gente não podia permitir, não se encaixava na estrutura econômica. Nos deram a opção de fazer com o contrato da CVC, sim, mas foi um presente envenenado que da área econômica recomendamos não aceitar. A instituição foi colocada em risco e o presidente já disse que ninguém poderia estar acima do clube. Ele tomou a decisão certa", afirmou Eduard Romeu, vice-presidente de finanças. 

O dirigente do Barcelona seguiu avaliando a saída de Messi e o acordo proposto por La Liga: "A primeira coisa que nos surpreende é que, numa operação com estas características como a da CVC, já não existem ofertas. Mais tarde, você vê que eles tentaram fazer a mesma operação na Itália e na Alemanha e não tiveram sucesso e eu não acho que nem os alemães nem os italianos sejam estúpidos". 

KOEMAN TAMBÉM FALOU SOBRE MESSI!

As coisas no Barcelona estão ficando cada vez mais tensas, e Ronald Koeman, treinador da equipe catalã, não quer saber de ficar guardando suas opiniões não. Em entrevista ao "Voetbal International", ele comentou sobre o impacto da saída de Messi do clube.

 

Segundo o comandante do Barça, a ida do camisa 10 para o Paris Saint-Germain deixou os problemas da equipe catalã ainda mais evidentes, e que quando o argentino ainda defendia a equipe, essas questões ficavam "disfarçadas".

"Messi disfarçava tudo. Era muito bom e ganhava (jogos). Lógico que ele tinha bons jogadores ao seu redor, mas ele marcava a diferença. Graças a ele, todos pareciam melhores. E isso não é uma crítica, apenas uma observação", disse Koeman.

Depois de um início de temporada ruim no Campeonato Espanhol, mas principalmente na estreia pela Champions League, o treinador do Barcelona também comentou sobre a pressão que está sofrendo no cargo.

"Não faço um escândalo por isso e ninguém deve sentir pena de mim. Quem trabalha aqui, tem que ganhar. É simples", apontou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!