Sportbuzz
Testeira
Futebol / COPA SUL-AMERICANA

Com dois expulsos, Bahia é derrotado pelo Montevideo City e cai na Sul-Americana

Matheus Bahia e Conti são expulsos e complicam partida do Bahia, que precisava de uma vitória para sonhar com a classificação

Redação Publicado em 26/05/2021, às 20h46 - Atualizado às 21h11

Com dois expulsos, Bahia é derrotado pelo Montevideo City e cai na Sul-Americana - Felipe Oliveira/EC Bahia/Fotos Públicas
Com dois expulsos, Bahia é derrotado pelo Montevideo City e cai na Sul-Americana - Felipe Oliveira/EC Bahia/Fotos Públicas
O Bahia foi derrotado por 4 a 2 pelo Montevideo City nesta quarta-feira, 26, em Pituaçu, pela última rodada da fase de grupos da Sul-Americana. Com o resultado o Tricolor de Aço está eliminado da competição continental. 
 
Thonny Anderson e Nino Paraíba marcaram os gols do Bahia. Guzmán, Allende, Scotto e Pizzichillo garantiram a vitória do time uruguaio, que também não avançou às oitavas.  
Com a derrota, o Bahia foi eliminado da competição. O time precisava vencer e ainda torcer pela derrota do Indepediente-ARG. O Tricolor ficou na terceira colocação do Grupo B, com oito pontos. A equipe argentina, que venceu o Guaribá, se classificou às oitavas. Vale lembrar que apenas o primeiro de cada grupo avança para a próxima fase. 
 
O Bahia começou bem a partida e abriu o placar logo no primeiro minuto, mas caiu de rendimento e viu o Montevideo reagir e empatar. Com 1 a 1, o lateral Matheus Bahia foi expulso aos 28 minutos depois de receber o segundo amarelo por falta em Darío Pereira. Com a desvantagem, o Tricolor sofreu a virada ainda na etapa inicial. 
 
Na volta para o segundo tempo, o Bahia marcou mais uma vez no primeiro minuto da etapa e esboçou uma reação. No entanto, cinco minutos depois, Conti foi expulso e complicou o Tricolor. O Montevideo também teve um jogador expulso, mas encontrou mais dois gols. 

 

O jogo

 
O Bahia abriu o placar logo no primeiro minuto de jogo. Depois de pressionar a saída de bola do Montevideo, o goleiro Guruceaga chutou a bola no peito de Thaciano. Na sequência, Thonny Anderson foi acionado na área e mandou para o gol: 1 a 0.
 
O goleiro Matheus Claus evitou o gol de empate aos 20 minutos, em chute de Darío Pereira. Mas o Montevideo City encontrou as redes aos 24, quando o lateral Pizzichillo aproveitou o espaço na defesa e mandou a bomba: 1 a 1. 
 
O Bahia ficou com a desvantagem de jogadores aos 28 minutos do primeiro tempo. Matheus Bahia recebeu o segundo cartão amarelo após cometer falta em Darío Pereira. 
 
O Montevideo virou o placar aos 38 minutos do primeiro tempo. José Álvarez recebeu o lançamento de Del Prete e passou para Scotto. Na pequena área, o volante completou para o gol: 2 a 1. 
 
No final do primeiro tempo, aos 48 minutos, o Bahia ainda teve chance de igualar. Após escanteio de Juninho Capixaba, Thaciano desviou e a bola saiu pela linha de fundo, perto do gol. 
 
O Bahia repetiu o roteiro do primeiro tempo e marcou o gol no primeiro minuto da segunda etapa. Em lançamento de Daniel, Nino Paraíba desviou da marcação e tocou na saída do goleiro, um golaço para empatar: 2 a 2.
 
Aos sete minutos, quando o Tricolor buscava a reação, o zagueiro Conti foi expulso por atingir o cotovelo na nuca de Carío Pereira. O defensor recebeu o cartão vermelho direto. 
 
Aos 19 minutos, o Montevideo viu o goleiro Guruceaga ser expulso por um carrinho em Juninho Capixaba.
 
Aos 31 minutos, o time uruguaio chegou ao terceiro gol e voltou a ficar na frente. Allende aproveitou o rebote do cabeceio de Guzmán e finalizou no gol vazio: 3 a 2. O quarto gol foi marcado aos 46 minutos, quando Juninho Capixaba tentou cortar de cabeça a falta cobrada por Fiermarín e Guzmán ficou com a sobra para tocar na saída de Matheus Claus: 4 a 2. 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!