Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » ARMÊNIA

Capitão da Seleção da Armênia é convocado para guerra contra o Azerbaijão

Empresário afirma que zagueiro Varazdat Haroyan não concluiu negócio com clube grego para integrar forças armadas de seu país

Redação Publicado em 30/09/2020, às 14h53

Capitão da Seleção da Armênia é convocado para a guerra contra o Azerbaijão
Capitão da Seleção da Armênia é convocado para a guerra contra o Azerbaijão - GettyImages

O zagueiro Varazdat Haroyan, capitão da Seleção da Armênia, foi convocado pelo exército de seu país para atuar no conflito entre Armênia e Azerbaijão na região separatista de Nagorno-Karabakh.

Aos 28 anos, foi convocado como os outros homens com menos de 40 anos e, por isso, não conseguiu concluir sua transferência para o Athlitiki Enosi Larissa, da primeira divisão da Grécia. Nesta terça-feira, o clube grego anunciou que a negociação foi adida pela ida de Haroyan para o confronto.

Segundo uma mensagem enviada ao dono da Larissa pelo agente de Haroyan, Alexis Kouyias, o jogador “foi mobilizado, como todos os cidadãos armênios com menos de 40 anos, e já está na zona de guerra”. O empresário afirma que o jogador está impossibilitado de viajar e ainda mostra preocupação com as proporções que a guerra pode tomar.

O zagueiro Varazdat Haroyan disputou 51 jogos pela Seleção da Armênia. Ele estava sem clube desde sua saída do Ural Ecaterimburgo, da Rússia, neste mês. Pelo clube russo, foram 55 partidas e marcou três gols em três temporadas.

Desde domingo, dezenas de pessoas morreram e centenas ficaram feridas em Nagorno-Karabakh, também conhecida como Artsakh, após uma onda de violência. Os países declararam lei marcial, quando os governos preparam as populações para uma possível guerra.

O conselho de segurança da ONU, Rússia, França e Estados Unidos pediram cessar-fogo imediato para tentar evitar uma guerra aberta entre a Armênia e o Azerbaijão. Se o conflito evoluir para uma guerra, pode atrair as grandes potências regionais Rússia e Turquia.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!