Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » CAMPEONATO MINEIRO

Cruzeiro perde para a Caldense e segue sem vencer no Campeonato Mineiro

Veterana marca no início do primeiro tempo e segura pressão do Cruzeiro; Caldense encerra longo período sem vencer a Raposa fora de casa

Redação Publicado em 03/03/2021, às 23h00 - Atualizado às 23h33

Caldense vence o Cruzeiro no Mineirão e quebra tabu de 26 anos
Caldense vence o Cruzeiro no Mineirão e quebra tabu de 26 anos - Reprodução/ SporTV - 03/03/2021

O Cruzeiro foi derrotado por 1 a 0 pela Caldense nesta quarta-feira, 3, no Mineirão, pela segunda rodada do Campeonato Mineiro. O atacante Amarildo marcou o gol da Veterana.

A vitória fez a Caldense encerrar um jejum de 26 anos sem vencer a Raposa fora de casa. Com um triunfo e um empate até aqui, a Veterna soma quatro pontos na vice-liderança do estadual. 

Depois do empate na estreia com o Uberlândia, o time celeste segue sem vencer no Campeonato Mineiro. Com isso, o Cruzeiro do técnico Felipe Conceição é o nono colocado da tabela, com um ponto somado. O clube não deixava de ganhar nas duas primeiras rodadas desde a edição de 2004. 

O Cruzeiro volta a campo no próximo sábado, 6, às 21h (de Brasília), quando visita a URT, pela terceira rodada do Campeonato Mineiro. A Caldense recebe a Patrocinense, mais cedo, às 19h.

O JOGO

Aos oito minutos de jogo, Fábio quase se complicou. O goleiro do Cruzeiro recebeu recuo de bola, demorou para dar o chutão e foi pressionado pelo atacante da Caldense, que conseguiu desviar a bola. Na sobra, Lazari teve a oportunidade de finalizar, mas a defesa celeste, atenta, fez o bloqueio.

No minuto seguinte, a Caldense abriu o placar, com gol de Amarildo. Marcinho vacilou no meio, ficou sem a bola, e Amarildo recebeu um belo passe de Ramon, nas costas, para finalizar firme no gol de Fábio: 1 a 0.

Aos 12 minutos, Felipe Augusto cruzou na segunda trave para William Pottker, que finalizou de primeira, mandando por cima do gol. Aos 17, Marcinho aproveitou o rebote do escanteio e encontrou Cáceres, que fez um bom cruzamento para a área. Ramon subiu mais que todo mundo e testou para o chão, assuntando o goleiro João Paulo.

Aos 27 minutos, o Cruzeiro fez boa troca de passes em frente à área e Matheus Barbosa recebeu na esquerda para fazer o cruzamento. Morais desviou de cabeça e Pottker quase alcançou de carrinho para empatar.

A Caldense teve uma boa chegada aos 36 minutos do primeiro tempo. Bruno Oliveira saiu de frente para Fábio, que fez uma grande defesa. No rebote, o meio-campista ficou novamente com a bola e mandou uma bomba no travessão.

O Cruzeiro quase empatou no final da primeira etapa, aos 42 minutos. Em falha de Morais, a bola ficou com Pottker na área, mas o atacante foi bloqueado duas vezes pelo goleiro da Caldense. Após cobrança de escanteio, Manoel, bem posicionado, não conseguiu tocar em cheio e mandou para fora.

A primeira boa chance do Cruzeiro na segunda etapa saiu aos 23 minutos. O atacante Thiago recebeu na área pela direita e finalizou, mandando a bola na rede, mas pelo lado de fora.

Pressionando a Caldense, Rafel Sóbis exigiu uma grande defesa de João Paulo. Após cobrança de escanteio fechado de Claudinho, a bola sobrou para o atacante da Raposa, que finalizou e viu a defesa do goleiro da Veterana.

A resposta da Caldense veio no minuto seguinte, aos 28, quando Bruno Oliveira cobrou falta em direção ao gol, tentando encobriu Fábio. O goleiro do Cruzeiro deu um tapinha e mandou a bola pela linha de fundo.

William Pottker teve mais uma chance pelo Cruzeiro. Aos 36, o atacante recebeu pela direita, trocou para a perna esquerda e finalizou no meio da defesa da Caldense, mas o goleiro João Paulo foi seguro na defesa e ficou com a bola.

Nos minutos finais, só deu Cruzeiro. Aos 45, Thiago cruzou para Airton, que estava sem goleiro para finalizar, mas o lateral da Caldense chegou no momento certo para afastar com o bico da chuteira esquerda. Aos 48, Manoel cruzou bem e rasteiro na segunda trave, mas Pottker não conseguiu chegar para a finalização. Aos 51, Claudinho levantou na área, e Thiago finalizou com a perna direita, mas o goleiro João Paulo fez mais uma defesa.

Aos 55 minutos, Claudinho cobrou escanteio na primeira trave, Ramon subiu mais que os defensores da Caldense, mas mandou por cima do gol.

No final da partida, o clima esquentou e os atacantes Dênis, da Caldense, e Felipe Augusto, do Cruzeiro, foram expulsos.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!