Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » EITA!

Após derrota do Internacional para o Grêmio, Taison manda recado para elenco

Taison abriu o jogo sobre derrota do Internacional para o Grêmio e quer que elenco sinta as derrotas

Redação Publicado em 25/05/2021, às 16h07 - Atualizado às 17h10

Taison comentou a derrota do Internacional para o Grêmio
Taison comentou a derrota do Internacional para o Grêmio - Ricardo Duarte/Internacional

Camisa 10 e faixa, Taison chegou ao Internacionalpara ser o principal líder técnico e também do vestiário colorado para a temporada de 2021. Assumindo esse posto desde que foi contratado, nesta terça-feira, 25, ele concedeu uma entrevista coletiva e abriu o jogo sobre a derrota do Internacional para o Grêmiona final do Campeonato Gaúcho. 

Mesmo não estando em campo, Taison chamou a responsabilidade para si e respondeu as questões em relação a derrota do Inter na decisão do estadual. O meia-atacante aproveitou o espaço para mandar um recado ao elenco e destacou que todos precisam sentir as derrotas em partidas importantes como a do último domingo, 23. 

"Eu sou um torcedor do Inter. Se eu empatar ou perder, vou para casa e me tranco no meu quarto. Não quero falar com ninguém. Eu sou assim. Espero que meus companheiros não fiquem chateados. Saí daqui aprendendo o que é sentir uma derrota, ainda mais no clássico. Eu tento passar isso para eles", afirmou. 

Ele ainda seguiu defendendo os seus companheiros de elenco: "Tudo passa. Agora, vai focar na Libertadores, depois tem Brasileiro. Temos que estar focados, o grupo tem que estar fechado. Eu quero que os jogadores estejam comigo, sei que todos vão estar. Vamos brigar por muitas coisas esse ano".

Ainda sobre a derrota do Internacional para o Grêmio, Taison fez questão de dizer que os seus companheiros de time sentem a derrota: "Se tu não sentir uma derrota no clássico, não pode estar vestindo a camisa do Inter. E eu vi que meus companheiros sentiram".

"Posso te falar que o grupo que encontrei quer muito vencer. Sente bastante. Algumas coisas temos que mudar? Sim. Às vezes vejo que um está chateado no canto e outro no outro, chego e tento colocar todo mundo para cima. O futebol não te dá tempo para pensar. Sentir a derrota? Com certeza. Se não sentir a derrota, tem que mudar de esporte, ou fazer outras coisas. O grupo está fechado. Falei que se tiver que bater a cara por eles, vou botar. Vejo que esse grupo quer vencer e vim para isso", continuou. 

Mesmo não podendo estar em campo contra o Grêmio, Taison esteve presente na final do Campeonato Gaúcho e, depois da partida, foi ao campo e consolou os colegas. O camisa 10 do Internacional comentou sobre o tema e afirmou que o Colorado precisa trabalhar a mentalidade para ser campeão. 

"Eu entrei para ajudar meus companheiros. Não podia estar em campo, mas senti a dor deles. Eu vejo que eles querem vencer. A gente tem que tirar o quase da nossa cabeça. Vamos trabalhar para sermos campeões. Foi o que passei para eles. Entrei para tirar de cabeça erguida. O Inter é muito grande. temos que estar toda a hora de cabeça erguida", finalizou.
 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!