Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Fórmula 1 / 20ª ETAPA

Verstappen tem vitória tranquila no GP do México e bate recorde na F1

Verstappen confirmou a vitória no Grande Prêmio do México e atingiu marca histórica na Fórmula 1; Lewis Hamilton e Sergio Pérez completaram o pódio

Redação Publicado em 30/10/2022, às 18h42

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
GP do México de Fórmula 1, a 20ª etapa do ano - GettyImages
GP do México de Fórmula 1, a 20ª etapa do ano - GettyImages

Bicampeão mundial, Max Verstappen liderou praticamente toda a prova e venceu o Grande Prêmio do México neste domingo, 30, na 20ª etapa da atual temporada da Fórmula 1. O piloto da RBR conquistou sua 14ª vitória no ano e se tornou o recordista de triunfos em uma mesma edição na categoria, marca que pertencia a Michael Schumacher e Sebastian Vettel.

Lewis Hamilton, da Mercedes, e Sergio Pérez, da RBR, fecharam o pódio no Autódromo Hermanos Rodríguez, mas não chegaram a ameaçar Verstappen pela vitória. Fecharam as dez primeiras colocações: George Russell, Carlos Sainz, Charles Leclerc, Daniel Ricciardo, Esteban Ocon, Lando Norris e Valtteri Bottas.

A próxima etapa da Fórmula 1 será disputada no Grande Prêmio do Brasil, entre os dias 11 e 13 de novembro. A prova será disputada no domingo, 13, a partir das 15h (horário de Brasília), no Autódromo de Interlagos.

GP do México

A largada foi limpa e segura para os quatro primeiros colocados. Max Verstappen (pneus macios), o pole position, arrancou bem para abrir na ponta, enquanto Lewis Hamilton (pneus médios) saiu da terceira para a segunda colocação após ultrapassar seu companheiro George Russell, que ainda perdeu posição para o mexicano Sergio Pérez na primeira volta.

Largada do GP do México de Fórmula 1
Largada do GP do México de Fórmula 1 (Crédito: GettyImages) 

Os olhos também estavam atentos para a dupla da Ferrari, que apostou nos pneus macios. Sainz, que largou em quinto, manteve a sua posição, enquanto Charles Leclerc ultrapassou Fernando Alonso, da Alpine, na quinta volta e subiu de sétimo para sexto. Ainda no nono giro, Verstappen abria 1.5 segundos para Hamilton.

Por um incidente em tentativa de ultrapassagem em Lance Stroll, da Aston Martin, na briga pela 15ª posição da prova, Pierre Gasly (Alpha Tauri) tomou 5s por mandar os dois carros para fora da pista.

Pérez conseguiu se recuperar de uma parada ruim da RBR, antes da volta 25, que levou 5s na troca dos minutos macios para os médios. Ele saiu da terceira colocação e caiu para sexto, sendo ultrapassado por Russell e a dupla da Ferrari. Logo retomou o terceiro lugar, impondo volta mais rápida.

A prova acontecia sem nenhum incidente até a volta 51, quando teve um contato entre Daniel Ricciardo e Yuki Tsunoda. O piloto da AlphaTauri levou a pior e deixou a prova na sequência. O australiano tomou 10s de punição por colidir em Yuki. Na volta 65/71, Fernando Alonso reclamou de problemas com o motor e abandonou a prova no setor 1 após escapada; o episódio acionou o safaty car virtual. 


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!