Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz

Sócrates (Jogador de Futebol)

Sócrates
Sócrates - Getty Images
Nome CompletoSócrates Brasileiro Sampaio de Souza Vieira de Oliveira
Como/pelo que é mais conhecidoJogador de Futebol
Data Nascimento19/02/1954
Data Falecimento04/12/2011
57 anos, 9 meses
Local NascimentoBelém, Pará
Wikipedia Sócrates

Sócrates nasceu na cidade de Belém, no Pará, no dia 19 de fevereiro de 1954. Quando pequeno, sua família mudou-se para Ribeirão preto por causa do trabalho de seu pai. Enquanto estava no colégio, começou a ter interesse por esporte e a praticar esportes.

Iniciou a carreira como jogador de futebol aos 16 anos jogando no time juvenil do Botafogo, clube de Ribeirão Preto. Aos 17 anos, ingressou na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, polo da USP, mas continuou sendo jogador do Botafogo. 

Decidiu se tornar profissionalmente no final de 1973, e formou-se no curso de medicina em 1977, por isso, tinha o apelido de Doutor Sócrates ou simplesmente Doutor. No mesmo ano, formou dupla com Zé Mário no Botafogo e fez história no clube conquistando a Taça Cidade de São Paulo, que é equivalente ao primeiro turno do Campeonato Paulista. 

Em 1978, foi transferido para o Corinthians, onde se tornou ídolo do clube. Com Palhinha, Casagrande e Geraldão, que foi seu companheiro no Botafogo-SP. Com a equipe, conquistou o Campeonato Paulista três vezes, em 1979, 1982 e 1983. Venceu também  Copa da Feira de Hidalgo, em 1981, e a Taça Cidade de Porto Alegre, em 1983.

Com o Corinthians, fez parte do grande movimento chamado Democracia Corintiana, na década de 1980. Com o slogan “Ganhar ou perder, mas sempre com democracia”, o movimento foi liderado por um grupo de jogadores como Sócrates, Wladimir, Casagrande e Zenon. O time foi o primeiro a utilizar camisas com dizeres publicitários, e nelas tinham os escritos "diretas-já" ou "eu quero votar para presidente". 

O movimento aconteceu entre os anos 1981 e 1984, ou seja, ainda existia o período da ditadura militar no Brasil. Por Isso, movimentos sociais eram vistos com maus olhos, causando grande desconforto entre os militares

Sócrates foi jogar no Fiorentina, da Itália, entre os anos 1984 e 1985, mas não repetiu o sucesso que teve no futebol brasileiro. Sendo assim, voltou para o Brasil em 1986 para jogar pelo Flamengo. 

Nos dois anos em que jogou pela equipe carioca, marcou apenas cinco gols nas 24 partidas que entrou em campo. Mas, mesmo assim, foi campeão do Campeonato Carioca, da Taça Rio de Janeiro e da Taça Rio em 1986. Em 1988, se transferiu para o Santos, e marcou sete gols em 23 partidas. No ano seguinte, voltou para o Botafogo-SP, onde encerrou a carreira aos 35 anos.

Pela Seleção Brasileira, fez sua estreia em 1979 em um amistoso contra o Paraguai. Foi campeão da Taça da Inglaterra e da Taça da França em 1981, e teve boas campanhas nas edições da Copa do Mundo em que participou. Ficou em quinto lugar nas edições de 1982 e 1986, e terceiro lugar na Copa América de 1979 e segundo na de 1983. Marcou 25 gols em 69 partidas.

Quando se aposentou como jogador, tornou-se técnico do Botafogo-SP, em 1990. Também atuou como treinador no LDU, mas se demitiu pela falta de profissionalismo dos jogadores do clube equatoriano. Foi convidado pelo ex-colega de Seleção Brasileira, Leandro, a ser treinador do Cabofriense, e ficou no clube por um ano, em 1999.

Sócrates sempre teve uma participação política ativa. Participou da campanha Diretas Já, entre 1983 e 1984, foi um dos principais idealizadores da Democracia Corintiana, e se posicionava contra à Ditadura Militar. Trabalhou como colunista na revista Carta Capital e no jornal Agora São Paulo, além de atuar como comentarista esportivo no programa Cartão Verde, da TV Cultura.

O ex-jogador também se arriscou na música, e gravou um LP de música sertaneja chamado Casa de Caboclo, em 1980. Foi produtor de teatro em 1983, fez uma participação na novela Feijão Maravilha, em 1979, e em 2002 lançou, junto com o jornalista Ricardo Gozzi, o livro Democracia Corintiana: A Utopia em Jogo.

Em 1992, inaugurou em Ribeirão Preto a Medicine Sócrates Center, uma clínica médica voltada para atender atletas de diversas modalidades esportivas e pacientes comuns. 

Em agosto de 2011, Sócrates foi internado da UTI do Hospital Albert Einstein por uma hemorragia digestiva alta. Por isso, assumiu que tinha problemas de alcoolismo, que deu início enquanto ainda jogava, já que nunca escondeu que gostava de bebidas alcoólicas e cigarro.

Foi internado novamente em setembro de 2011 por causa de uma suposta intoxicação alimentar, que acabou por se transformar em um grave quadro de choque séptico. No dia 4 de dezembro, Sócrates faleceu por falência múltipla dos órgãos em decorrência do choque séptico. 

Sócrates foi casado quatro vezes, sendo a última esposa a jornalista e empresária Kátia Bagnarelli. Ao todo, teve seis filhos: Gustavo, Rodrigo, Eduardo, Marcelo, Sócrates Júnior e Fidel Castro.

Seu nome foi dado por seu pai ser um grande fã de literatura, e na época do nascimento, seu pai, Raimundo, estava lendo A República, de Platão. Sócrates teve cinco irmãos, Sóstenes, Sófocles, Raimundo Filho, Raimar e Raí, que também jogou futebol, tornando-se ídolo do São Paulo. 


Artigos relacionados a Sócrates